ROG Phone 5 vs Black Shark 4 Pro: qual dos smartphones gamer é melhor?

Por Gustavo de Lima Inacio | Editado por Wallace Moté | 17 de Abril de 2021 às 13h00
Reprodução/Xiaomi/ASUS

ASUS e Xiaomi revelaram recentemente as suas novas gerações de smartphones com foco no público gamer, com a chegada do ROG Phone 5 e do Black Shark 4. O modelo da taiwanesa possui três variantes, chamadas de ROG Phone 5, ROG Phone 5 Pro e ROG Phone 5 Ultimate, enquanto o da chinesa tem duas, sendo o modelo base o Black Shark 4 e o mais caro o Black Shark 4 Pro.

Hoje o Canaltech vai colocar o ROG Phone 5 em um comparativo contra o Black Shark 4 Pro, desconsiderando o Black Shark 4 em um primeiro momento por não contar com o processador Snapdragon 888, e sim o Snapdragon 870. Os dois modelos contam com diversas características técnicas interessantes, como, por exemplo, a tela com taxa de atualização de 144 Hz, câmera traseira de 64 MP e mais. Porém, eles também têm suas diferenças. Qual dos dois é uma melhor opção? Vamos te ajudar a descobrir.

Design 

Os dois aparelhos possuem algumas diferenças bem claras quanto ao seu design. O Black Shark 4 Pro tem suas câmeras traseiras horizontalizadas em uma posição mais central, com uns efeitos visuais interessantes na traseira. O ROG, por outro lado, traz as suas três câmeras também horizontalizadas, mas no canto superior esquerdo e, apesar de também ter efeitos visuais no acabamento da tampa traseira, tem ainda um logotipo com iluminação RGB. O Black Shark 4 Pro também tem iluminação RGB, mas ela é bem mais sutil, logo abaixo das câmeras.

ASUS ROG Phone 5 (Imagem: Divulgação/ASUS)

Na frente, o modelo da Xiaomi tem um melhor aproveitamento de tela, com bordas mais finas e um furo no topo da tela para abrigar a câmera frontal. O ROG tem bordas mais espessas no topo e na parte de baixo da tela, para evitar toques acidentais quando se está jogando, ao mesmo tempo que dá espaço para um sistema de som mais encorpado. Vale notar que os dois têm saída de som estéreo, mas apenas o dispositivo da ASUS tem tecnologia DTS:X.

O Black Shark 4 Pro tem seus botões de volume na lateral esquerda, enquanto na direita tem o botão liga/desliga com o leitor de impressões digitais integrado. Além disso, existem os botões físicos para jogatina, que são liberados por meio de sliders próximos a eles. O ROG Phone tem todos os seus botões na lateral direita, e também tem botões extras para jogos, mas eles são sensitivos. Seu leitor de impressões digitais está incluso sob a tela.

Vale destacar que o ROG Phone tem ainda uma segunda conexão USB-C na lateral esquerda para conectar acessórios ou recarregar o aparelho sem atrapalhar a pegada na horizontal, e que ambos contam com conexão P2 para fones de ouvido na parte inferior.

Xiaomi Black Shark 4 Pro (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Por fim, para finalizar a parte de design, os dois são smartphones grandes e pesados. O ROG Phone 5 é maior em todos os sentidos, com as medidas 172.8 x 77.3 x 10.3 mm, enquanto o Black Shark 4 Pro tem as dimensões 163.8 x 76.4 x 9.9 mm. O modelo da ASUS também é mais pesado, graças aos seus 238 gramas, contra 220 gramas do concorrente.

Telas

  • ASUS ROG Phone 5: AMOLED 10-bit de 6,78 polegadas, resolução de 1080 x 2448 pixels, taxa de atualização de 144 Hz, HDR10+;
  • Xiaomi Black Shark 4 Pro: Super AMOLED de 6,67 polegadas, resolução de 1080 x 2400 pixels, taxa de atualização de 144 Hz, HDR10+.

Por serem modelos com foco em jogo, onde um display pode ser um fator determinante na jogatina, as marcas certamente não economizaram por aqui. Os dois modelos tem tamanhos parecidos, com o chinês tendo uma tela de 6,67 polegadas com tecnologia Super AMOLED, enquanto o ROG Phone 5 tem uma tela maior, de 6,78 polegadas com tecnologia AMOLED e 10-bit.

ASUS ROG Phone 5 (Imagem: Divulgação/ASUS)

Assim, ambos os smartphones possuem cores vibrantes e pretos profundos que são ótimos para consumo de conteúdo, mas apenas o dispositivo da ASUS tem a capacidade de reproduzir um bilhão de cores. A resolução é praticamente a mesma nos dois, Full HD+, assim como o suporte a HDR10+ e taxa de atualização de 144 Hz. Uma pequena diferença fica no brilho máximo atingido pelos painéis, que é de 1.200 nits no ROG contra 1.300 nits no Black Shark.

Câmeras

  • ASUS ROG Phone 5: 64 MP (principal, f/1.8) + 13 MP (ultra grande angular, f/2.4) + 5 MP (macro, f/2.0) + 24 MP (frontal, f/2.5);
  • Xiaomi Black Shark 4 Pro: 64 MP (principal, f/1.79) + 8 MP (ultra grande-angular, f/2.4) + 5 MP (macro, f/2.4) + 20 MP (frontal, f/2.5).

Infelizmente, não é possível fazer um comparativo efetivo de câmeras entre os dois aparelhos, uma vez que o Canaltech ainda não colocou as mãos em nenhum dos dois aparelhos. No entanto, pelo menos na teoria os dois prometem serem modelos interessantes no quesito fotografia, mesmo não sendo esse o foco de quem busca um celular gamer.

Eles possuem kits bastante parecidos de câmera. São três câmeras traseiras e uma câmera frontal nos dois aparelhos, com as mesmas funcionalidades. Os dois modelos contam com câmera principal de 64 megapixels, mas enquanto o Black Shark 4 Pro tem abertura f/1.79, enquanto o ROG Phone 5 tem abertura f/1.8.

Xiaomi Black Shark 4 Pro (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

No caso da câmera macro, os dois tem um sensor de 5 MP, mas a lente tem aberturas diferentes variando do modelo. O Xiaomi tem abertura f/2.4, enquanto o ASUS tem abertura f/2.0. Ou seja, entra mais luz no sensor, permitindo melhores resultados, principalmente em situações de baixa luz.

Falando da ultra grande angular, eles têm a mesma abertura, mas a quantidade de pixels é diferente em cada um, visto que o ROG tem câmera de 13 MP e o Black Shark tem câmera de 8 MP. Por fim, a mesma situação acontece na câmera frontal, sendo no ROG uma de 24 MP e no Xiaomi uma de 20 MP.

Processador e memória

  • ASUS ROG Phone 5: Qualcomm Snapdragon 888 (1x2.84 GHz Kryo 680 & 3x2.42 GHz Kryo 680 & 4x1.80 GHz Kryo 680);
  • Xiaomi Black Shark 4 Pro: Qualcomm Snapdragon 888 (1x2.84 GHz Kryo 680 & 3x2.42 GHz Kryo 680 & 4x1.80 GHz Kryo 680).

Os dois modelos são dispositivos extremamente poderosos, sendo smartphones dignos de fazerem parte da categoria voltada para o público gamer. Eles possuem uma plataforma Qualcomm Snapdragon 888, a mais poderosa para aparelhos Android no começo do ano de 2021. Ao mesmo tempo, contam com suas soluções próprias de dissipação de calor, visando entregar o máximo de performance pela maior quantidade de tempo possível.

ASUS ROG Phone 5 (Imagem: Divulgação/ASUS)

Uma coisa interessante, é que felizmente os dois contam com grandes quantidades de memória RAM, sendo oferecidos em variantes com 8 GB, 12 GB ou 16 GB. Porém, eles se diferem na quantidade de armazenamento interno. O ROG Phone 5 chega ao mercado em opções de 128 GB ou 256 GB, enquanto o Black Shark 4 Pro tem 256 GB ou 512 GB, ambos sem expansão de memória via cartão microSD.

Bateria

Quanto às suas baterias, vemos que eles possuem capacidades, velocidades de carregamento e recursos diferentes. O aparelho da Xiaomi tem uma bateria de 4.500 mAh, com suporte a carregamento rápido de 120 watts por fio, que segundo a fabricante pode carregar o celular por completo em somente 15 minutos.

Xiaomi Black Shark 4 Pro (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Porém, quanto ao ROG Phone 5, a ASUS optou por manter a bateria de 6.000 mAh de capacidade vista no seu antecessor, mas contando agora com um carregamento rápido de 65 watts, que segundo a empresa carrega o smartphone de 0 a 100% em 52 minutos.

A diferença é que o celular taiwanês possui ainda suporte a carregamento reverso por fio de potência máxima de 10 watts. Assim, se você plugar um outro smartphone por cabo no ROG Phone 5, ele pode servir como uma powerbank.

ROG Phone 5 vs Black Shark 4 Pro: qual vale mais a pena?

Cada um dos aparelhos possui as suas próprias vantagens e desvantagens. O Black Shark 4 Pro, por exemplo, possui um tamanho um pouco menor, é mais leve e tem os botões extras físicos ao invés de capacitivos, lembrando mais um controle de vídeogame tradicional. Além disso, o nível de brilho da tela é um pouquinho maior, tem uma opção com 512 GB de memória e um carregamento ultrarrápido de bateria, que, segundo a Xiaomi, pode carregar ele em apenas 15 minutos.

ASUS ROG Phone 5 (Imagem: Divulgação/ASUS)

Por outro lado, o ROG Phone 5 tem uma conexão USB Tipo-C lateral para acessórios ou para carregamento, tem som estéreo com tecnologia DTS:X, tela maior e com 10-bit, câmeras que, na teoria, chamam mais atenção, e uma bateria muito maior, que pode ser usada inclusive para carregar outros aparelhos.

Vale lembrar que esse comparativo é frio, onde as diferenças ficam apenas em alguns detalhes. Independente de qual escolher, são aparelhos que focam no público gamer e realmente conseguem entregar coisas que podem trazer mais conforto ou até mesmo vantagens na hora da jogatina.

ROG Phone 5: ficha técnica

  • Tela: 6,78 polegadas, AMOLED, Full HD, 144 Hz de frequência; 800 nits, HDR10+;
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888;
  • Memória RAM: 8, 12 e 16 GB;
  • Armazenamento interno: 128 e 256 GB;
  • Câmera traseira: 64 MP (principal) + 13 MP (ultrawide) + 5 MP (macro);
  • Câmera frontal: 24 MP;
  • Dimensões: 172.8 x 77.2 x 10.29 mm;
  • Peso: 238 gramas;
  • Bateria: 6.000 mAh (3.000 mAh cada célula) com recarga de 65 W;
  • Extras: leitor de digitais na tela, botões ultrassônicos, motores de vibração, interface personalizada;
  • Cores disponíveis: branco e preto;
  • Sistema operacional: Android 11.

Black Shark 4 Pro: ficha técnica

  • Tela: 6,67 polegadas, resolução Full HD+, AMOLED, taxa de atualização de 144 Hz;
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888;
  • Memória RAM: 8 GB, 12 GB e 16 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB e 256 GB (expansível via micro SD);
  • Câmera traseira: 64 MP (principal, f/1.79) + 8 MP (ultra grande-angular, f/2.4) + 5 MP (macro, f/2.4);
  • Câmera frontal: 20 MP;
  • Dimensões: 163.83×76.35x 9.9mm;
  • Peso: 220 gramas
  • Bateria: 4.500 mAh com suporte a carregamento rápido de 120 watts;
  • Extras: leitor de digitais na lateral, alto-falantes estéreo, conexão P2, 5G, Wi-Fi 6, NFC e Bluetooth 5.2;
  • Cores disponíveis: Preto, Cinza, Ciano, Azul e Rosa;
  • Sistema operacional: JoyUI 12.5 sob o Android 11.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.