Apple sofre com falta de peças para reparo de iPhones devido ao novo coronavírus

Por Claudio Yuge | 04 de Março de 2020 às 22h20
iCracked
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Apple já havia sinalizado dificuldade para atender à demanda de iPhones, devido à queda na produção na China e distribuição por conta do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Agora, segundo a Bloomberg, a companhia teria alertado as equipes de suporte técnico em suas lojas que os aparelhos substitutos para unidades danificadas estão em falta — e devem continuar com restrições no fornecimento em um período que vai de duas a quatro semanas.

Os funcionários das Apple Stores foram informados que podem enviar iPhones de reposição aos clientes e emprestar dispositivos, para facilitar o tempo de espera enquanto isso. Comerciantes do varejo também disseram que algumas lojas estão percebendo uma escassez de componentes individuais usados ​​para reparos.

Fornecedores da Apple, como Foxconn e Pegatron, foram forçados a fechar suas portas por duas ou mais semanas em fevereiro, no auge do surto do novo coronavírus na China. As fábricas estão de volta às atividades, mas a produção ainda não alcançou os níveis normais, devido à falta de mão-de-obra, limitações nas viagens e outros fatores.

A Foxconn, principal montadora de iPhones para a Apple, espera que suas fábricas na China retomem a operação normal até o final de março. Os atrasos estão começando a afetar outras linhas de produtos, como Macs e iPad Pro, devido à falta de suprimentos, e resta saber como os novos dispositivos, programados para serem anunciados neste início de ano, poderão ser disponibilizados no lançamento.

Fonte: MacRumors  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.