Apple e Samsung iniciam corrida para tentar conquistar "órfãos" da LG

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 28 de Maio de 2021 às 14h40
Anh Nhat/Unsplash

A saída de cena da LG no mercado de celulares já começa a movimentar as concorrentes para tentar ganhar consumidores que eram fiéis à marca sul-coreana. Apple e Samsung devem realizar programas de troca especiais para os "ófãos" da marca, para tentar ampliar suas respectivas fatias de mercado.

Uma pesquisa de outubro de 2020 mostrou que o 5G da Coreia do Sul era dominado por modelos de Samsung e LG. A Apple lançou a série iPhone 12 no país um pouco mais cedo do que costumava fazer, justamente para tentar ganhar parte dos consumidores que já buscavam a tecnologia de redes móveis mais recente e veloz. Mas a Maçã tem planos ainda mais ousados para aumentar sua participação no mercado local.

De acordo com fontes internas na indústria de telefonia à agência de notícias Yonhap, a Apple fará parcerias com operadoras sul-coreanas para oferecer o equivalente a até US$ 135 de desconto adicional na compra de um iPhone 12 ou iPhone 12 mini para quem entregar um celular da LG.

É um extra para quem trocar um aparelho da marca, que se junta aos descontos oferecidos pelas próprias operadoras, e será oferecido a qualquer cliente que tenha uma linha 4G ou 5G há mais de um mês no país. A oferta deve durar até o dia 25 de setembro.

Apple quer conquistar "órfãos" da LG na Coreia do Sul (Imagem: Frederik Lipfert/Unsplash)

Segundo a publicação, é a primeira vez que a Apple fará um programa de trocas com desconto para usuários de outra marca de celular, já que até hoje, a Maçã só deu desconto para quem já tinha um iPhone. A promoção será exclusiva para a Coreia do Sul, mas nada impede que a empresa adote postura semelhante em outros mercados.

Samsung não deixa barato

Não é difícil de entender a movimentação da Apple na Coreia do Sul. É natural pensar que os usuários da LG busquem um celular da Samsung para substituir seu modelo, já que a gigante da tecnologia também tem origem no país e rodam Android, então seria uma transição mais tranquila.

Um estudo da Counterpoint Research mostrou que no ano passado a Samsung ficou com 65% do mercado sul-coreano, seguida pela Apple, com 21%, e a LG em terceiro, com 13%. Além disso, uma pesquisa recente indicou que cerca de 80% dos usuários do LG V50 ThinQ trocaram o modelo por um Galaxy. A Apple, portanto, se mexeu para evitar que a concorrente aumente ainda mais a diferença no mercado sul-coreano, ampliando demais seu domínio no país.

Samsung vai tentar conter avanço da Apple em seu país-sede (Imagem: Divulgação/Samsung)

E claro que a Samsung não vai deixar a Apple absorver novos consumidores com facilidade, e também fará um programa de trocas para consumidores da LG. A companhia pretende oferecer os Galaxy S21, Z Fold 2, Z Flip 5G e Note 20 por celulares usados da conterrânea, em uma promoção que deve valer até o dia 30 de junho.

Não há informações sobre programas de troca especiais para usuários LG no Brasil até o momento. Por aqui, a linha K possui uma boa base, mas a faixa de preço dos aparelhos pode não ser tão atraente para as concorrentes tentarem atrair os futuros órfãos de marca.

Fonte: Yonhap News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.