Apple é multada em R$ 64 milhões por “enganar” sobre resistência à água

Por Rubens Eishima | 01 de Dezembro de 2020 às 07h30
Divulgação/Apple
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Autoridade Antitruste Italiana (AGCM, na sigla em italiano) multou a norte-americana Apple em 10 milhões de euros (cerca de R$ 64 milhões) por duas práticas comerciais desleais. Ambas estão relacionadas à afirmação de que os modelos são resistentes à água.

Segundo a autoridade, a frase é enganosa, pois se baseia em testes realizados em condições laboratoriais. Desde o iPhone 8, os aparelhos da Apple destacam em sua divulgação a resistência à líquidos, que pode chegar a até 30 minutos de submersão a uma profundidade máxima entre um e quatro metros.

A notificação do órgão italiano destaca que a fabricante não esclarece que a proteção foi testada em água pura e sem movimento, e não em condições normais de uso pelos clientes.

Fora da garantia

O segundo ponto diz respeito à isenção de responsabilidade da Apple em caso de danos causados por líquidos ao aparelho. Na visão da AGCM, a não cobertura dos reparos pela garantia vai contra à informação encontrada nos materiais publicitários.

Além da multa milionária, a autoridade italiana determinou que a fabricante deve publicar um link para a decisão da AGCM na página da linha iPhone para o país.

Fonte: AGCM

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.