Apple deve sair na frente com seus chips A12 de 7 nm para os iPhones deste ano

Por Eduardo Hayashi | 04 de Setembro de 2018 às 14h01
Tudo sobre

Apple

Parece que os ventos estão soprando em favor da Apple, pois uma notícia recente da Digitimes informou que a gigante de Cupertino pode ser a primeira a oferecer aparelhos móveis com chips de 7nm a partir da série A12, que certamente será utilizada para equipar os novos modelos de iPhones deste ano.

Citando fontes próximas à cadeia de suprimentos da indústria de smartphones, o site alega que é muito provável que a maioria das companhias de aparelhos móveis continuem utilizando chips de 10nm ainda por algum tempo, uma vez que quatro grandes fornecedoras de semicondutores teriam adiado as produções em massa de chips de 7nm para este ano.

Estes atrasos na produção estariam relacionados ao alto investimento que esta nova tecnologia demandaria para as fabricantes de componentes. Outra informação é que tanto a Qualcomm quanto a MediaTek teriam optado por adiar a data de disponibilização de seus chips de 7nm para 2019, embora ambas as companhias tivessem considerado planos para o fornecimento de componentes sob este novo processo ainda em 2018.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Neste cenário, apenas a TSMC estaria a todo vapor com os seus chips de 7nm, ficando na frente até mesmo da gigante Samsung, que também já revelou estar trabalhando em novos chips a partir deste mesmo processo. Dessa forma, não é muito difícil imaginar que a companhia taiwanesa — atualmente uma das únicas e principais fornecedoras de semicondutores da Apple — seja a grande responsável por alavancar os avanços da gigante de Cupertino com os novos chips A12 de 7nm, que certamente equiparão os modelos de iPhones de 2018, antes das outras fabricantes concorrentes.

Conforme comentou a Macworld recentemente, os novos chips A12 podem ser cruciais para que os novos dispositivos da Maçã alcancem um desempenho superior de 20% a 30% em comparação com a performance do iPhone X.

Fonte: Digitimes via 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.