Apple autoriza troca de iPhone X com problemas no Face ID

Por Felipe Demartini | 07 de Maio de 2018 às 10h49
TUDO SOBRE

iPhone X

Uma mudança nas políticas de reparo e substituição da Apple deve vir como boa notícia para os usuários que vêm sofrendo com as falhas do Face ID, o sistema de reconhecimento facial do iPhone X. Desde o lançamento, as reclamações de mau funcionamento do sistema de segurança se acumulam. Os problemas estariam relacionados aos sensores bastante complexos envolvidos no processo.

Para os afetados, são muitas idas e vindas a centros de reparo, com diferentes resultados obtidos. Agora, entretanto, a Apple libera uma nova norma que autoriza a troca completa do dispositivo caso não sejam detectadas falhas no sistema de câmera, a partir de um diagnóstico feito no sensor traseiro.

As diretrizes são curtas e diretas. Ao receber um iPhone X com relatos de problemas no Face ID, o funcionário deve verificar a câmera da parte de trás do aparelho. Caso o resultado seja positivo para problemas, é esse o componente que precisará ser reparado, primeiro. Do contrário, ou caso a medida não solucione as falhas de reconhecimento facial, a orientação é pela troca do dispositivo por um novo, com a unidade defeituosa sendo enviada para análise.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Como se trata de uma orientação interna, a Apple não explicou exatamente porque a decisão entre trocar ou não o aparelho tem a ver com um diagnóstico da câmera traseira, sendo que é o sensor dianteiro o usado para o Face ID. A principal aposta de entusiastas, porém, é quanto ao compartilhamento de recursos entre os dois componentes – eles dividiriam a utilização de tecnologias a partir de chips internos, o que permitiria aos técnicos descobrirem problemas em ambos a partir da análise de apenas um deles.

Tal abordagem também faz com que a Apple não se pronuncie publicamente sobre o assunto, uma vez que se trata de uma diretriz apenas para seus funcionários. Aos usuários afetados, a orientação é acessar o site de suporte da Apple e utilizar a ferramenta de marcação online, ou o suporte telefônico, para agendar uma visita à loja oficial para realização dos reparos.

Fonte: MacRumours

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.