Aplicativo "desbloqueia" programas da Google no Huawei Mate 30 Pro

Por Felipe Ribeiro | 23 de Setembro de 2019 às 15h35
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Huawei Mate 30 Pro

Ficha técnica

Lançado na última semana, os Huawei Mate 30 e o Mate 30 Pro continuam sem poder acessar os serviços da Google. Não que isso seja uma novidade, mas, tem sido um verdadeiro inferno para a gigante chinesa ter que colocar no mercado um aparelho dos mais poderosos, mas "manco", sem programas hoje essenciais para o público ocidental. Isso, no entanto, pode ser superado com um truque: o gerenciador de dispositivos corporativos LZ Play.

Assim como qualquer MDM (Mobile Device Manager), o LZ Play recebe uma infinidade de permissões do sistema. Geralmente, os MDMs permitem que os administradores enviem e atualizem softwares por toda a gama de telefones de uma empresa, mas, no caso do LZ Play, ele usa as mesmas permissões que lhe são concedidas para dar aos usuários que não possuem acesso à pasta raiz do telefone, a possibilidade de instalarem aplicativos na base do sistema - como o Google Play Store, o Google Play Services, entre outros. Apesar dessa facilidade, o alto número de concessões pode tornar o aparelho vulnerável a ataques de malwares.

O Youtuber tailandês TechOffiside fez um teste com o LZ Play em seu Mate 30 Pro e obteve êxito. Ele mostra alguns aplicativos da Google, como o Gmail e o YouTube, rodando em seu aparelho sem o menor problema. De fato, essa ferramenta - assim como outras - já está disponível na China há algum tempo, onde os telefones não são fornecidos com o Google Play Services. A diferença do LZ Play, porém, é que ele só pode ser usado em dispositivos da Huawei, pois dependem de uma autorização específica da empresa para rodar. Além disso, como era de se esperar, o MDM não é avalizado pela Google.

Veja o vídeo:

Fonte: Android Police , com informações TechOffiside

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.