Siga o @canaltech no instagram

AGORA VAI! Xiaomi oficializa retorno ao Brasil com Pocophone F1 e Note 6 Pro

Por Rafael Rodrigues da Silva | 18 de Fevereiro de 2019 às 18h50
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Depois de anos sendo vendida apenas por importadores e sendo impossível de encontrar seus aparelhos nas lojas varejistas, a Xiaomi finalmente retorna de forma oficial ao país.

Desde quando abandonou as operações brasileiras em maio de 2016, surgiram alguns rumores de que a empresa estava ensaiando uma volta para o país, e eles finalmente foram confirmados nesta segunda-feira (18). Diferente da primeira vez que tentou operar por aqui, a empresa não irá abrir um escritório próprio, mas será representada pela DL, que cuidará de todos os processos de distribuição dos aparelhos da marca para toda a rede verejista do país.

A operação irá retornar, inicialmente, com dois aparelhos: o Redmi Note 6 Pro e o tão procurado Pocophone F1 — ambos aparelhos de ótimo custo-benefício, pois possuem especificações avançadas e preço de aparelhos considerados intermediários/de entrada.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Xiaomi Redmi Note 6 Pro (Imagem: Xiaomi)

O Redmi Note 6 Pro chega ao país com uma tela infinita (sem bezel ou notch) de 6,26 polegadas com tecnologia Corning Gorilla Glass, que garante a resistência do vidro contra quedas e arranhões. Ele usará um processador Snapdragon 636, terá 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento (expansível para até 256 GB com cartão de memória SD), duas câmeras traseiras (12 MP + 5 MP com foco automático, detecção facial, flash de duplo led e gravação de vídeos Full HD) e duas câmeras frontais (20 MP + 2 MP com foco automático e reconhecimento facial) — tudo energizado por uma bateria de 4.000 mAh.

Xiaomi Pocophone F1 (Imagem: Xiaomi)

Já o Pocophone F1 é mundialmente conhecido por ser um smartphone com especificações de aparelhos de ponta, mas por um preço que é menos do que a metade desses modelos mais avançados. Ele chega no Brasil com um processador Snapdragon 845 de oito núcleos com 2,8 GHz de velocidade, 6 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento, duas câmeras traseiras (12 MP + 5 MP com capacidade de gravação de vídeos em 4K) e uma câmera frontal de 20 MP com reconhecimento facial infravermelho, que permite o reconhecimento de rosto para desbloqueio do smartphone até mesmo em locais escuros. E, assim como o Note 6 Pro, tudo isso é alimentado também por uma bateria de 4.000 mAh.

Por enquanto, ainda não foi revelado qual será o preço de venda dos aparelhos. O Canaltech entrou em contato com a assessoria e irá atualizar essa notícia assim que tivermos uma resposta. Fique ligado!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.