Modern Love | Por onde andam as pessoas reais da série do Amazon Prime Video?

Por Natalie Rosa | 03 de Novembro de 2019 às 12h18
Divulgação: Amazon Prime Video

Modern Love estreou no Amazon Prime Video em outubro contando histórias de amor em oito episódios. Cada uma das histórias é baseada em casos reais, com algumas alterações para tornar os acontecimentos mais atrativos, que foram escritas para a coluna de mesmo nome do The New York Times.

Modern Love, a coluna, faz parte do periódico norte-americano há algum tempo e as histórias mais interessantes foram adaptadas para a série, trazendo questões relacionadas a relacionamentos amorosos, fraternidade, doenças, morte, entre outras situações inevitáveis da vida. Se você assistiu a todos os episódios, se emocionou e se identificou e agora está se perguntando como estão os personagens hoje, fomos atrás para descobrir isso para você!

Confira:

Episódio 1 - Quando o Porteiro É Seu Melhor Homem

Julie e sua filha Isabel (Imagem: Reprodução)

No primeiro episódio da série, conhecemos Maggie (Cristin Milioti), uma revisora de livros que engravida inesperadamente e que tem como principal apoiador o porteiro do prédio, Guzmin (Larentiu Possa). Atualmente, Julie Margaret Hogben mora em Los Angeles com a filha, que agora tem 12 anos, Isabel.

O artigo foi escrito em 2015 e, em entrevista ao The New York Times, Julie, ou Maggie, revelou que o pai de sua filha chegou a pedir ela em casamento, mas que o pedido não foi aceito. Além, disso, ao contrário do que é mostrado em Modern Love, ela nunca pensou em não seguir com a gravidez. Maggie segue solteira, mesmo que a sua filha insista para ela se cadastrar em sites e aplicativos de paquera.

Desde que Isabel nasceu, inclusive, Maggie não se envolve com ninguém, ao contrário do que vemos no episódio, quando ela aparece com um novo namorado que, finalmente, é aprovado por Guzmin. O nome real do porteiro é Guzim e ele continua no mesmo cargo em um prédio do Upper West Side, recebendo a visita de Maggie sempre que ela aparece na cidade.

Leia a história original, disponível apenas em inglês.

Episódio 2 - Quando o Cupido é uma Jornalista Curiosa

Deborah Copaken (Imagem: Reprodução)

No segundo episódio, a série nos apresenta à jornalista Julie (Catherine Keener) e Joshua (Dev Patel), o criador de um aplicativo de paqueras. Em entrevista para a coluna de Julie, ambos trocam suas histórias de romance.

Na realidade, Joshua não conheceu o amor da sua vida em uma entrevista de emprego, o passeio no zoológico não aconteceu e nem a infidelidade existiu de verdade, pois eles saíam de vez em quando e isso durou até as suas formaturas. O personagem foi baseado em Justin McLeod, fundador da Hinge, que conheceu Kate durante a faculdade. A jornalista Julie foi criada com base na autora Deborah Copaken.

O que aconteceu, na verdade, foi que Joshua e Kate tiveram um relacionamento de "vai e volta" e que Kate realmente estava noiva de outro homem no momento em que a entrevista aconteceu. Kate terminou com o seu noivo um mês antes do casamento, quando todos os convites já haviam sido enviados, inclusive, e a decisão aconteceu após Justin aparecer em sua casa oito anos após o término. Eles se casaram neste ano e Copaken foi uma das convidadas.

Na história da autora, ela de fato passou anos chateada pelo rapaz que nunca apareceu em seu apartamento em Paris. Quem encontrou o outro, no entanto, foi a própria Copaken, que acidentalmente o descobriu online enquanto fazia pesquisas para um novo livro.

O casal que não se via há anos se encontrou no Central Park e hoje se seguem nas redes sociais, mas não mantém contato. Copaken realmente terminou o seu casamento de 23 anos, enquanto o ex-namorado perdido continuou em seu relacionamento. A autora conheceu um novo homem, mas não no Hinge, e sim no site Bumble.

Justin e Kate (Imagem: Reprodução)

Leia a história original.

Episódio 3 - Me Aceita como Eu Sou, Quem Quer Que Eu Seja

Terri Cheney (Imagem: Reprodução)

O terceiro episódio mostra a vida de Lexi, interpretada por Anne Hathaway, uma advogada que trabalha na área do entretenimento e que passou a vida inteira escondendo que sofria de bipolaridade. Este episódio, ao contrário da maioria dos outros, mostra vários detalhes reais da luta da personagem que, na vida real, se chama Terri Cheney, como a cena em que ela está feliz fazendo sua maquiagem e, de repente, começa a tremer e mudar de humor repentinamente.

Os únicos detalhes fictícios da história são a sua colega de trabalho Sylvia (Quincy Tyler Bernstine), com quem ela desabafa pela primeira vez sobre a doença, e a sua demissão, visto que Cheney nunca perdeu um emprego. Hoje, ela não atua mais no direito e já escreveu dois livros contando a sua história. A ex-advogada também conseguiu manejar a sua condição com relacionamentos e diz que nunca mais viu Jeff, o homem que ela conhece em um supermercado.

Leia a história original.

Episódio 4 - Renovando pra Manter o Jogo Vivo

Denis e Ann Leary (Imagem: Reprodução)

O quarto episódio apresenta um casal que não está feliz com o casamento, com a história baseada na vida do ator Denis Leary e Ann Leary, interpretados por Tina Fey e John Slattery. O que não foi retratado no episódio é que a terapeuta do casal não achava o relacionamento deles algo ruim, e que mesmo com as críticas negativas feitas um ao outro, eles faziam questão de defender o companheiro.

Eles ainda têm o costume de jogar tênis, o documentário que eles assistem no episódio é o filme preferido do casal, e neste ano eles comemoraram 30 anos de casamento.

Leia a história original.

Episódio 5 - No hospital, um interlúdio de clareza

Sofia Boutella e John Gallagher Jr. contam a história de Brian Gittis no quinto episódio de Modern Love, quando o jovem teve um segundo encontro bastante intenso e que acabou (ou só começou) no hospital. O episódio não conta o que aconteceu após a noite do pronto-socorro, mas sabemos que a personagem de Sofia acaba voltando para o ex-namorado um mês depois.

Gittis contou que a jovem leu o artigo no The New York Times e gostou, e então eles se encontraram para tomar drinks e falar sobre o caso. Eles chegaram a ter alguns encontros, mas o relacionamento não seguiu adiante. Hoje, Gittis está casado e tem um filho de um ano.

Leia a história original.

Episódio 6 - Então Ele Parecia um Pai, e Era Só um Jantar, Não É?

Abby Sher (Imagem: Reprodução)

No sexto episódio, Julia Garner interpreta Madeline, uma jovem que cresceu sem a presença do pai e enxerga em Peter (Shea Whigman), um homem bem mais velho, a figura paterna que sempre quis ter. Essa relação acaba se tornando confusa para ambos.

O nome real da personagem é Abby Sher e vários elementos foram inventados para incrementar a trama, trazendo cenas de desconforto e mostrando o quão complicado estava se tornando o relacionamento entre os dois. Abby disse ter amado o episódio, principalmente o trabalho de Audrey Wells, de quem ela diz ser fã. "Me senti honrada por ela ter escrito o roteiro", disse.

Na história real, Abby nunca mais se encontrou com o colega de trabalho fora do ambiente corporativo. Hoje, ela está casada e com três filhos.

Leia a história original.

Episódio 7 - Um Mundo Só pra Ela

Dan Savage e o marido Terry Miller (Imagem: Reprodução)

No penúltimo episódio de Modern Love, conhecemos a história de Dan Savage, que ao lado de seu marido Terry Millerpassam por uma experiência de adoção. A mãe biológica do bebê é uma moradora de rua que, após o acordo de adoção, passa a morar no apartamento do casal.

No artigo, Savage conta sobre a dificuldade de explicar para o seu filho, DJ, qual é a situação da vida da mãe e o motivo de ela viver afastada. Uma parte disso é retratada na série quando o rapaz conta a história dela para o bebê no berço.

Na vida real, a mãe de DJ teve vários problemas com vícios e prisões, fazendo o casal pensar até mesmo que ela havia morrido. Savage revela que, hoje, ela está bem e tem uma moradia, e que entra em contato com a família por telefone ocasionalmente. DJ está com 21 anos.

Leia a história original.

Episódio 8 - A Corrida Fica mais Gostosa na Volta Final

Eve Pell (Imagem: Reprodução)

O último episódio mostra a vida de Eve Pell, que escreveu para o The New York Times em 2013 contando a sua história de vida. Já idosa, ela encontrou um grande romance durante as suas corridas, até o dia em que, infelizmente, ele faleceu.

Em entrevista realizada em 2017, Pell contou que conheceu outro homem e que está muito feliz, mesmo que não tenha mais vontade de casar. "Eu não consigo suportar a ideia de ter quatro maridos. É muita coisa", disse.

Leia a história original.

Modern Love está disponível no Amazon Prime, com segunda temporada já confirmada para 2020.

Fonte: Esquire

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.