Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Maxton Hall | Série quebra recordes de audiência e ganha segunda temporada

Por| Editado por Durval Ramos | 17 de Maio de 2024 às 10h59

Link copiado!

Amazon Studios
Amazon Studios

Depois de quebrar os recordes de audiência do Prime Video e se tornar a série não-estadunidense mais assistida da plataforma na sua semana de estreia, Maxton Hallfoi confirmada para a segunda temporada. A data de lançamento dos novos episódios ainda não foi divulgada, mas é provável que eles só cheguem ao streaming no ano que vem.

Esse sucesso todo pode ser refletido em números. A produção teen alemã ocupou o primeiro lugar no Prime Video Charts em mais de 120 países e territórios, e ficou entre as primeiras mais assistidas em, pelo menos, 50 países, incluindo os Estados Unidos, Canadá e Brasil. No Rotten Tomatoes, ela conquistou 96%  de aprovação do público comum, contra 60% dos especialistas. 

Continua após a publicidade

A trama é baseada no livro Save Me, da escritora Mona Kasten, e conta a história de Ruby  (Harriet Herbig-Matten), uma jovem humilde que começa a estudar na Maxton Hall, uma escola pública que é conhecida por só ter alunos da elite.

Ela é praticamente invisível ali, mas, sem querer, descobre um segredo do milionário James Beaufort (Damian Hardung), o garoto mais popular do colégio, e se torna uma ameaça para ele. A partir daí sua vida muda completamente e ela tem que lidar com o fato de ser um alvo dos riquinhos e de estar se apaixonando por seu inimigo.

Além do livro original, Kasten escreveu duas continuações; Save You e Save Us que serão usados como base para a próxima temporada. Nos próximos episódios, o enredo focará no conflito entre o casal, após o rapaz magoar Ruby profundamente. Decepcionada, ela busca sua vida antiga de volta, mas conseguir o anonimato novamente será muito mais difícil do que ela imagina.

O sucesso de obras não estadunidenses

Apesar dos Estados Unidos ser um grande produtor de séries e filmes, o sucesso de Maxton Hall só prova como produções fora desse eixo conseguem ter êxito com o público. O vice-presidente de originais internacionais do Amazon MGM Studio, James Farrell, comentou sobre o assunto. “Mais uma vez prova que as histórias locais têm o poder de cativar o público global”

Vale lembrar que em 2023, a brasileira Cangaço Novo também rompeu a bolha nacional e se tornou uma das mais vistas na África, incentivando o streaming a investir em produtos regionais.