La Casa de Papel | Curiosidades da parte 3 e o que esperar da temporada 4

Por Natalie Rosa | 27 de Julho de 2019 às 12h48
Netflix

Há uma semana, no dia 19 de julho, chegou à Netflix a terceira parte da série espanhola La Casa de Papel. Assim como na primeira e segunda parte, os novos episódios trouxeram muita emoção e, novamente, nos fizeram torcer para os bandidos.

Desta vez, o Professor (Álvaro Morte) contou com mais aliados na invasão do Banco da Espanha, o seu mais novo alvo. Com ele estava Raquel (Itziar Ituño), que antes era inspetora e estava ao lado da polícia, e os ladrões que colocam a mão na massa contaram com novos colegas como Mónica (Esther Acebo), que antes era refém, e outros personagens completamente novos.

A temporada acabou sem um desfecho e muitas questões que só serão respondidas na quarta temporada. Mas enquanto isso não acontece e nós ficamos sem nossos ladrões preferidos porque já maratonamos a série inteira, vamos conferir algumas curiosidades sobre a terceira parte e pensar sobre o que devemos conferir na próxima

Leia também: Crítica | La Casa de Papel traz novo crime, novas motivações e maiores ambições

Cuidado! A partir daqui este texto pode conter spoilers sobre a parte 3 de La Casa de Papel.

Imagem: Divulgação/Netflix

Ajuda de especialistas

Nesta temporada de La Casa de Papel, o objetivo dos ladrões é roubar uma enorme quantia de ouro do Banco da Espanha, mas eles não poderiam simplesmente sair de lá com as barras. Então, a solução seria fundir o ouro, transformando-o em pequenas bolinhas, que poderiam ser transportadas de maneiras diferentes.

Se você acha que este método foi inventado, está muito enganado. Segundo Javier Gómez, roteirista e coordenador de roteiro da série, a equipe foi atrás de especialistas na área, que explicaram seus métodos e eles foram copiados para serem "colocados em prática" na terceira parte da trama.

Atores não devem só atuar

O roteirista também conta que é de extrema importância que os atores participem das conversas de roteiro e desenvolvimento dos personagens.

"Quem pensa mais sobre o Professor que Álvaro Morte? Ou mais em Tóquio do que Úrsula? Ou mais em Estocolmo do que Esther Acebo? Bom, ninguém. Sempre que posso fico com eles e converso por horas sobre os personagens e eles sempre somam ao roteiro", conta.

Companhia na redação

O roteirista da série também conta que durante o processo de escrita teve a companhia de quem não poderia soltar spoilers por aí. Veja nas fotos quem eram:

O episódio 6 foi difícil

O roteirista conta que o episódio 6 foi bastante difícil de ser desenrolado, "não havia Deus que ajudasse", disse. Entre horas de acertos, erros e correções, que totalizaram em semanas de trabalho, o episódio precisou ser reescrito do zero.

"Dois meses de trabalho no lixo. Isso interrompeu o capítulo seis, parte do cinco, completamente o sete e o que tínhamos do oito. Um mês por episódio. Mas quer saber? Os novos foram melhores", revelou o roteirista.

Fazer o tubo que invadiu o cofre também não

Javier conta que o tubo usado para invadir o cofre e roubar o ouro não foi nada fácil de tirar do papel. O projeto foi desenhado à mão em uma folha, de uma forma bem simples, mas colocá-lo em prática era o problema.

"Tudo o que vocês viram na série foram um problema para alguém. Uma lança térmica, um tubo de interconexão...", contou.

"O tubo que você vê na série é este, pouco antes de ser terminado. Mas olha o desenho que mandamos. Poderia ter sido feito por uma criança de três anos", brinca o roteirista.

Questões abertas sobre a terceira temporada

A terceira temporada não trouxe um desfecho para a trama, então vamos ver algumas coisas que podemos esperar da quarta:

O que vai acontecer com o Professor?

A situação complicou muito para o Professor, que comanda o crime do lado de fora do Banco da Espanha. Nos últimos episódios, ele e Raquel precisam fugir com a sua central de comunicação por estarem sendo perseguidos pela polícia. O plano era subir em uma árvore e se camuflar, o que ele consegue fazer com sucesso. Raquel, no entanto, falhou.

Ela se escondeu no celeiro de uma pequena fazenda e é descoberta por um casal de fazendeiros. Eles contam que a polícia prometeu uma recompensa milionário para a captura do Professor, mas ela disse que pode pagar mais se eles a liberarem. No fim, não deu tempo de negociar e ela foi capturada.

O oficial responsável pela sua captura sabia que Raquel estava em comunicação com Professor através de um rádio e decide forjar a morte dela. Desesperado, o Professor chega a descer da árvore em que se escondia para tentar salvá-la, mas acaba sendo tarde demais e ele escuta os tiros, que na verdade foram falsos.

Então, não vemos se Professor é capturado ou não, e fica a dúvida se ele vai descobrir que Raquel está viva e tentará recuperar a amada, ou se tentará outro plano para se vingar da falsa morte.

E com Arturito?

Na terceira parte de La Casa de Papel vimos que Arturo (Enrique Arce) agora é coach motivacional, mas na sua vida pessoal nada está bem. Na tentativa de conversar com Mónica (agora Estocolmo) para poder conhecer o seu filho, que agora vive com ela e Denver (Jaime Lorente), ele acaba entrando no Banco da Espanha e se tornando mais um refém. Será que dessa vez Arturito vai escapar? Será que a sua preseça no assalto vai trazer vantagens ou prejuízos para os ladrões?

Divulgação: Netflix

Os segredos do Estado serão revelados?

Além da enorme quantia de ouro que está sendo roubada, diversos documentos que comprovam a corrupção dos governantes estavam escondidos, mas acabaram sendo obtidos pelos ladrões. Com toda essa prova em mãos, fica a dúvida se todos esses segredos, de fato, serão mostrados ao público.

Como será o encontro de Alicia Serra com Lisboa?

Alicia Sierra (Najwa Nimri) é a nova inspetora que está comandando as negociações com os ladrões, trabalho que antes era feito por Raquel (agora Lisboa), que agora está do lado dos ladrões e trabalhando ao lado do Professor. No entanto, vimos que no último episódio ela é capturada e deve ser levada para ser interrogada por Sierra. O encontro não deve ser nada amigável.

E a Tatiana?

Quando Berlim (Pedro Alonso) está explicando ao Professor como executar o roubo do Banco da Espanha, ele conta também que tem uma namorada chamada Tatiana (Diana Gómez) que sabe de todo o plano. Até então ela ainda não apareceu nem para aproveitar do que sabe para faturar a recompensa oferecida pela polícia, muito menos para tentar ajudar para os ladrões. Será que em algum momento da quarta temporada ela irá aparecer?

Divulgação: Netflix

Será que o crime será finalizado e o ouro levado?

No fim, vemos que a situação está mais do que complicada para os ladrões e parece que não há saída. Felizmente, La Casa de Papel já está renovada para uma quarta parte e poderemos ver o desfecho deste roubo, mas ainda não temos uma data para a sua estreia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.