Hackers vazam spoilers de Game of Thrones e outras séries da HBO

Por Redação | 02.08.2017 às 12:35
photo_camera HBO

Spoilers do próximo episódio de Game of Thrones foram publicados na internet, com um grupo de hackers responsável pelos ataques aos servidores da empresa cumprindo as ameaças feitas na última semana. Eles exigiam um pagamento em dinheiro para não liberarem os cerca de 1,5 TB de dados roubados dos servidores da HBO.

Os documentos foram publicados na internet, indicando que o canal não pagou o resgate, e incluem o roteiro do quarto episódio da sétima temporada da série, que deve ser exibido no próximo domingo (06). Além disso, também vazou o script do terceiro capítulo de Game of Thrones, exibido nesta semana. Ambos datam de abril de 2016, indicando serem projetos iniciais e não necessariamente o texto que foi gravado para ser exibido nas telas.

Além disso, episódios de outros seriados da HBO também foram disponibilizados online. Os hackers vazaram o piloto da série de comédia Barry, que tem estreia marcada apenas para o ano que vem, além de capítulos de outros shows como Insecure, Ballers e Room 104, todos ainda não exibidos na televisão.

Informações de logins e e-mails internos de funcionários do canal também teriam sido vazados, bem como mensagens relacionadas às negociações com atores e produtoras, e outras comunicações internas. O total não condiz com o tamanho dos dados informados originalmente como roubados, o que indica que mais vazamentos podem acontecer no futuro.

Em nota oficial publicada nesta segunda-feira (31), a HBO confirmou a invasão de seus servidores e a obtenção de dados confidenciais pelos hackers. O canal disse estar trabalhando com autoridades para localizar os responsáveis, mas não comentou sobre a intenção de pagar o resgate nem o valor que estaria sendo solicitado pelos criminosos para que os dados fossem mantidos em confidencialidade.

Esse tipo de prática, inclusive, vem se tornando comum, no que parece estar se tornando uma alternativa lucrativa para os hackers – ou, pelo menos, um grande cartão de visitas para eles. Em maio, criminosos vazaram episódios da mais recente temporada de Orange is the New Black da mesma maneira, após exigirem o pagamento de resgate pela empresa, o que não foi atendido.

Em ambos os casos, entretanto, o ataque não alcançou a base de dados de usuários, com informações pessoais e de pagamento dos espectadores permanecendo seguras. Não se sabe, também, o método utilizado pelos hackers para conseguir sucesso na invasão e download dos dados confidenciais.

Fonte: BBC