Xiaomi afirma ter identificado motivo da falha nas câmeras da marca

Por Rafael Rodrigues da Silva | 03 de Janeiro de 2020 às 16h47
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Como publicamos na última quinta-feira (2), uma falha grave nas câmeras da Xiaomi fazia com que um usuário, ao tentar transmitir o conteúdo de sua câmera para o Google Nest, tivesse acesso a imagens aleatórias das câmeras de outros usuários ao redor do mundo. E, nesta sexta (3), finalmente a empresa chinesa se pronunciou sobre o caso.

Em comunicado enviado para o site The Verge, a empresa confirmou a existência do problema, afirmando que ele foi causado por uma atualização de cache liberada para seus dispositivos no dia 26 de dezembro. Essa atualização deveria melhorar a qualidade das transmissões ao vivo e a estabilidade do envio para dispositivos Google Nest, mas que acabou sendo o responsável por causar o problema.

Apesar de confirmar a existência da falha e o que causou o problema, a Xiaomi garantiu que foi um bug raro e que aconteceu com apenas alguns poucos usuários, já que aqueles que faziam a transmissão para o Nest a partir do app Mi Home não tiveram qualquer tipo de problema.

Apesar disso, o Google ainda mantém o bloqueio de seus dispositivos Nest a qualquer câmera da marca chinesa. Isso acontece porque, ainda que o problema tenha sido identificado, os programadores chineses ainda não conseguiram encontrar uma forma de resolver de vez a questão. O Google também confirma que continua trabalhando junto da Xiaomi para corrigir de vez essa falha da forma mais rápida possível.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.