Veja como solicitar reembolso de valores roubados com Pix nos principais bancos

Veja como solicitar reembolso de valores roubados com Pix nos principais bancos

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 27 de Dezembro de 2021 às 19h09
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Em novembro, após muitos relatos de golpes com o Pix, serviço de pagamento instantâneo do Banco Cental, a instituição disponibilizou para seus o clientes a devolução de transações realizadas por meios fraudulentos.

Agora, no fim de ano, é comum que mais pessoas estejam ociosas, e o comércio se acelera. A consequência é um cenário propício para multiplicação de golpes com o Pix. Um um levantamento da PSafe identificando em cinco dias de dezembro mais de 500 mil tentativas de golpes na internet, então é importante saber como pedir a devolução do dinheiro, caso você acabe se tornando mais uma vítima.

Confira a seguir o processo para solicitar a devolução do dinheiro em alguns dos principais bancos do Brasil:

Banco do Brasil

Imagem: Reprodução/Banco do Brasil

Em pagamentos no Banco do Brasil, o cliente pode pedir a devolução por meio do aplicativo da instituição. O valor em questão pode ser retornado parcialmente ou integralmente, dependendo do saldo existente na conta que recebeu a transação fraudulenta.

É importante frisar que o Banco do Brasil não devolve o valor em casos de transações feitas incorretamente.

Caixa Econômica Federal

(Imagem: Reprodução/Caixa Econômica Federal)

Para fraudes com clientes da Caixa, a vítima deve contestar a transação diretamente em uma das agência do banco. A instituição, após ser avisada, abrirá uma investigação na busca de provas do golpe, e se confirmar o crime, se compromete a devolver o dinheiro ao usuário.

Santander

(Imagem: Reprodução/Santander)

O processo de devolução no Santander é 100% digital, realizado pelo aplicativo do banco, sem precisar que o cliente saia de cada. Além disso, a instituição, enquanto analisa, bloqueia o Pix da conta em questão para evitar maiores problemas. Porém, é importante frisar que a instituição bancária não se responsabiliza por transferências feitas por engano ou possíveis desavenças comerciais entre o comprador e vendedor.

Por fim, o processo de devolução no Santander também pode ser realizado via telefone (4004-3535)

Itaú

(Imagem: Reprodução/Itaú)

Para a devolução de dinheiro transferido por fraude, o Itaú recomenda que seus clientes, ao detectarem possíveis alterações em seus extratos, entrem em contato digitalmente ou presencialmente com o banco, para solicitar a abertura do processo de retorno do dinheiro, que então será avaliada internamente e também dependerá do saldo disponível na conta favorecida pela fraude.

Por fim, o Itaú também recomenda que o cliente faça um Boletim de Ocorrência para que as autoridades de proteção possam começar a tomar as providências contra os golpes em questão.

Fonte: Seu Crédito Digital

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.