PayPal admite vazamento de dados de 1,6 milhão de usuários de sua nova empresa

Por Redação | 04 de Dezembro de 2017 às 14h49
TUDO SOBRE

PayPal

Quando a PayPal adquiriu a TIO, no início do ano, por US$ 233 milhões, não imaginava que estaria levando junto um problema gigantesco. De forma indireta, a empresa de pagamento foi vítima de mais um caso de violação de dados, 

A PayPal confirmou que os dados de 1,6 milhão de usuários foram vazados dos sistemas da TIO — essa empresa é responsável por uma rede de mais de 60 mil postos e quiosques de pagamento em todo o território dos Estados Unidos.

Já no início de novembro, a PayPal advertia sobre a possibilidade vazamento após suspender as operações da TIO, mas sem revelar detalhes sobre a medida. É bom ressaltar que os clientes que tiveram seus dados vazados fazem parte da plataforma da TIO e não da PayPal — e a empresa diz que os sistemas funcionam de forma independente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Portanto, os usuários da PayPal que não realizaram pagamentos por meio da TIO permanecem protegidos. A TIO está notificando os clientes que foram afetados pelo vazamento e, segundo a empresa, esses usuários receberam garantias de crédito e seguro de roubo de identidade gratuitamente.

Ainda não há previsão para que os serviços voltem a funcionar corretamente.

Fonte: WCCFTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.