Gigantes da tecnologia se unem para combater imagens falsas na internet

Por Felipe Ribeiro | 02 de Março de 2021 às 17h20
pixabay

O combate às fake news e demais fraudes on-line acaba de ganhar mais aliados, e de modo ainda mais organizado. Adobe, Arm, Intel e Microsoft se uniram e formaram a Coalition for Content Provenance and Authenticity (C2PA) ou Coalizão pela Proveniência e Autenticidade do Conteúdo, em tradução livre. A ideia dessa união é de combater a propagação e criação de imagens falsas na internet, responsáveis por acabar com reputações e disseminar ainda mais informações inverídicas.

Junto com a BBC e a plataforma de verificação de fotos Truepic, a C2PA elaborará padrões abertos para certificar as origens do conteúdo de mídia. Em comunicado conjunto, as empresas mencionam que o objetivo do C2PA é ajudar editores, criadores e consumidores a rastrear a origem de uma peça de mídia digital até sua origem. Para isso, a coalizão desenvolverá o que chama de especificações de proveniência de conteúdo.

Na prática, essas especificações técnicas identificarão quais informações estão associadas a cada tipo de ativo e definirão como esses dados são apresentados e armazenados. Por fazer uso de padrões abertos, a experiência para localizar e identificar todo o percurso das modificações digitais terá de ser de ponta à ponta, ou seja, da imagem na tela até o dispositivo em que foi originalmente capturada.

Ainda no comunicado, a C2PA espera trazer fabricantes de chips, organizações de notícias e outros criadores e consumidores de conteúdo auxiliar na criação desse ecossistema.

Fonte: TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.