Diretor da Google elogia sistema de login da Apple: "o melhor para a internet"

Por Felipe Ribeiro | 13 de Junho de 2019 às 21h00
Divulgação/ Apple
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A Apple divulgou na semana passada novas opções de login, oferecendo uma alternativa conveniente e focada na privacidade para as empresas como Google, Facebook e Twitter. A Apple não coleta dados e fornece poucas informações para os aplicativos e sites que você usa com o recurso, além de oferecer uma opção para manter seus e-mails seguros. Em entrevista ao The Verge, o diretor de gerenciamento de produtos da Google, Mark Risher, que supervisiona a ferramenta de login seguro do Google, compartilhou seus pensamentos sobre o novo recurso da Apple.

Risher disse que a própria ferramenta do Google não é tão ávida por dados dados quanto era antigamente, e que ela não é usada para publicidade ou re-targeting. O único momento registrado é o da autenticação, informação que não é distribuída em lugar algum. Risher também sugeriu que o recurso da Apple é mais 'invasivo', pois ele registrará e-mails recebidos de empresas quando o recurso de bloqueio for usado. "Vamos ver como os detalhes funcionam", disse ele.

Risher explicou, também, que a Google tenta "estabelecer um nível muito alto de segurança", mas é julgada pelo "comportamento pior" do ecossistema Android. Ele disse que a insinuação da Apple de que a ferramenta da Google é menos focada na privacidade "foi um pouco irritante", porque a Google está "tentando realmente manter um alto padrão".

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Arte mostra como funcionará o login das contas Google no iOS/ Imagem: The Verge

Apesar disso, porém, Risher disse acreditar que a tecnologia da Apple tornará as pessoas mais seguras. "Honestamente, acho que essa tecnologia será melhor para a internet e tornará as pessoas muito mais seguras. Mesmo se eles estão clicando no botão dos concorrentes quando eles estão entrando em sites, ainda é muito melhor do que digitar um nome de usuário e senha sob medida, ou mais comumente, um nome de usuário e senha reciclados", afirma.

Risher comparou a proteção de login oferecida pela Google e pela Apple ao armazenamento de dinheiro em um banco para aliviar os temores que as pessoas possam ter de ter todos os seus dados de login manipulados por uma única empresa, como a Apple ou o Google.

A partir de hoje (13), os usuários de iPhone e iPad podem usar o recurso de chave de segurança do Android para verificar seus logins nas contas Google a partir do dispositivo Android.

O recurso utiliza o aplicativo Smart Lock, da Google, como parte de um sistema de verificação em duas etapas, projetado para manter as contas mais seguras. Depois que o recurso de chave de segurança é adicionado a um dispositivo Android, ele pode ser configurado para emparelhar com o iPhone para confirmar logins por Bluetooth.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.