Check Point anuncia solução de segurança com foco em trabalho remoto

Por Felipe Demartini | 25 de Fevereiro de 2021 às 11h20
Divulgação/Check Point

A pandemia trouxe consigo uma profunda transformação digital na relação das pessoas com o trabalho. Os números são grandes, com 81% das empresas adotando o trabalho remoto como forma de manter a produtividade durante esse período, enquanto 74% planejam transformar esse em um regime permanente. Entretanto, também aumentaram em 50% o volume de ataques digitais altamente sofisticados, focados, justamente, nas brechas de segurança geradas pela adoção rápida do formato. A Harmony, nova solução da Check Point Software Technologies, vem para fazer a ponte entre esses dois mundos.

O conjunto de ferramentas de proteção chega para trazer segurança unificada a redes corporativas e também aos dispositivos dos usuários. Sob um único guarda-chuva, estão serviços de acesso remoto, e-mail, navegadores, sistemas internos e também os próprios dispositivos, protegendo todos os usuários de forma unificada e com gerenciamento fácil por administradores de tecnologia da informação.

Entre os recursos está, por exemplo, um monitoramento da navegação mesmo nos dispositivos do próprio usuário, com bloqueio no acesso a sites maliciosos ou download de malwares. Ao mesmo tempo, porém, o histórico de navegação é mantido seguro e privado, de forma que o uso pessoal do aparelho também não seja acompanhado pelos seus empregadores, enquanto a rotina de trabalho segue protegida.

Outros elementos fazem parte dessa solução unificada, como a compatibilidade com as principais plataformas de e-mail corporativo do mercado, como Office 365, Exchange, G Suite e outras, além de proteção contra ataques de phishing, ransomware ou tentativas de golpes usando engenharia social. A promessa, ainda, é que até mesmo ameaças ainda não conhecidas de forma direta pelos especialistas possa ser detectada e mitigada por meio da implementação destes sistemas de segurança.

O anúncio da Harmony foi feito durante o CPX360, evento de segurança digital promovido todos os anos pela Check Point. De acordo com Gil Shwed, diretor executivo da empresa, o maior desafio do momento atual é lidar com a variedade de dispositivos e, principalmente, o fato de que muitos deles são incapazes de detectar ataques mais avançados — a solução de segurança chega, justamente, para preencher essa lacuna e equiparar o nível de proteção das empresas com o grau de sofisticação da maioria dos ataques digitais atuais.

Os números da própria companhia de segurança digital, também, demonstram esse movimento. Segundo pesquisa da Check Point, 52% das empresas têm preocupação em proteger os dispositivos de seus usuários de ataques, mas apenas 29% efetivamente implementaram tais medidas de segurança, enquanto outros 47% afirmam atuar apenas contra ataques de engenharia social. Para o executivo, se trata de um desafio e de um trabalho imenso que, agora, começa a ser encarado e realizado.

Ainda segundo a Check Point, a solução é de fácil implementação e funciona por meio de um sistema online, com preço por usuário conectado e políticas de segurança centradas nele, de forma que possam ser aplicadas a todos os ambientes das organizações.

Fonte: Check Point

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.