Mobilidade é prioridade para 83% dos CIOs de empresas brasileiras

Por Redação | 18.03.2014 às 18:37

Um estudo realizado pela consultoria Accenture mostra que o Brasil lidera a tendência de adoção de tecnologias móveis, já que 93% dos CIOs das empresas nacionais entrevistadas afirmaram que concordam que a mobilidade será um canal significativo de receita. A pesquisa revelou também que 87% dos CIOs dão prioridade a estratégias de mobilidade, acima da média global (76%), e mais de 50% do orçamento de 2013 seria destinado a esse setor.

A tendência global de mobilidade no mercado corporativo é confirmada por uma previsão do Gartner de que 25% das empresas do mundo terão lojas próprias de aplicativos em 2017. A ideia é obter um maior controle sobre os dispositivos móveis de funcionários.

"O Brasil amadureceu muito rapidamente. 20% mais CIOs têm uma estratégia para a mobilidade do que na mesma pesquisa do ano passado", disse Jin Lee, diretor sênior de nobilidade na Accenture. No entanto, Lee afirmou que as empresas ainda precisam aprender as vantagens que os aplicativos podem oferecer para a melhoria da produtividade.

Além disso, o Brasil também lidera entre os emergentes a maturidade do mercado de serviços de TI e telecom, com marketshare de 5%. No mundo, os EUA têm a maior parcela de mercado, com 28%, segundo a consultoria IDC.

Quanto às barreiras de desenvolvimento, 13% afirmaram que a interoperabilidade de sistemas móveis seria um desafio. Outro dado revela um possível uma dificuldade em inovação: 23% dos CIOs entrevistados disseram que não saber como começar a enfrentar as barreiras existentes, o dobro da média mundial.

Apesar de estarem um ponto percentual a frente da média mundial da permissão de acesso a e-mails corporativos em dispositivos móveis, os CIOs brasileiros ficam para trás em pontos importantes, como apps de ERP (10 pontos menos que a média de 43%), gestão da cadeia de suprimentos (23% em comparação com 31%) e CRM, onde somente 23% dos CIOs do país permitem o acesso, enquanto a média global é de 53%.