Uma em cada quatro empresas terá loja corporativa de apps até 2017

Por Rafael Romer | 15 de Agosto de 2013 às 14h05

25% de todas as empresas terão suas próprias lojas corporativas de aplicativos para gerenciar apps sancionados pela empresa para PCs e dispositivos mobile até 2017, afirma o Gartner. Segundo a consultoria de mercado, estas lojas deverão gerar um controle maior das aplicações utilizadas por seus funcionários, dos gastos com software até maior nível de negociação com fornecedores. "Os aplicativos baixados pelas lojas públicas comprometem as estratégias de segurança de TI, aplicações e aquisições. O chamado BYOA (bring your own app) se tornou tão importante quanto o BYOD (bring your on device)", afirma Luis Cláudio Mangi, vice-presidente de pesquisas do Gartner.

A tendência, entretanto, só funcionará em organizações que adotem as suas lojas internamente de maneira ampla. De acordo com o Gartner, o número de lojas corporativas de aplicativos deve crescer puxado pelo número cada vez maior de aparelhos móveis e pela adoção de gerenciamento de dispositivos nas empresas, reduzindo riscos associados e aumentando o valor entregue pelo portfólio de aplicações. "A implantação de lojas corporativas deve ser vista como um componente da estratégia de aplicações da empresa, mais que uma estratégia de infraestrutura", explica Mangi.

As lojas corporativas de aplicativos também podem oferecer suporte a um processo automatizado de software, exigindo menos intervenções relativas a aquisições. Segundo o Gartner, deixando o controle na mão dos usuários, as organizações podem delegar mutas decisões sobre preço e performance, automatizando o processo de aquisição de licenças de software, por exemplo.

Entretanto, para que as lojas tenham sucesso, é necessário que seja realizada uma boa e dinâmica curadoria de aplicativos pelo setor de TI da organização, como forma de manter a loja corporativa interessante para usuários. Se bem realizada, a loja pode se tornar uma maneira natural de compartilhar novas aplicações dentro da empresa, criando um sistema de feedback as desenvolvedores e até criando um ambiente de competição saudável para o desenvolvimento de soluções melhores.

O Gartner apresentou as tendências sobre lojas de aplicativos corporativos durante a Conferência Gartner de Arquitetura de Aplicações, Desenvolvimento e Integração, realizada esta semana, em São Paulo.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.