Google reforça sistema de segurança do Android contra aplicativos maliciosos

Por Redação | 10 de Abril de 2014 às 17h39

Segundo o TechCrunch, o Google realizou hoje uma mudança no sistema de segurança do Android com o objetivo de assegurar que apenas aplicativos confiáveis sejam instalados no aparelho do usuário, ainda que o instalador tenha vindo de fora da Play Store.

Instalação de aplicativo bloqueada

Até então, o Google escaneava os aplicativos somente durante a instalação para saber se eram seguros. Agora essa varredura será feita através de um serviço do sistema operacional que vai escanear o dispositivo regularmente.

Assim, o Google espera aprender mais sobre malwares para dispositivos móveis e detectar ameaças que por ventura apareçam após a instalação de um aplicativo que burlou os sistemas de segurança da Play Store.

De acordo com informações do gigante, até o momento o recurso de verificação de aplicativos já foi usado mais de 4 bilhões de vezes. Apesar de ter implementado o sistema, o Google espera que ninguém jamais tenha que ver um alerta pipocando na tela.

Mas se vier a acontecer, a tela padrão de alerta deverá aparecer e, segundo o Google, ela é bastante efetiva. Apenas 0,18% das pessoas escolheram continuar a instalação mesmo após terem sido alertadas de que o aplicativo era potencialmente perigoso.

Devido a sua popularidade, não é segredo que o Android seja o principal alvo para os criminosos. Porém apenas 0,1% dos malwares que tentam atacar a plataforma chegam através da Play Store. A principal fonte de aplicativos infectados vem das chamadas "fontes desconhecidas", que são instaladores obtidos através de sites de download ou outras lojas que não a oficial.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.