Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que tomar café dá vontade de ir ao banheiro?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 09 de Dezembro de 2021 às 08h30

Link copiado!

Reprodução/Envato
Reprodução/Envato

Tomar uma caneca de café é, para muita gente, sinônimo de ir ao banheiro, mas será que existe alguma evidência científica dessa relação ou seria este apenas um hábito? Para especialistas em gastroenterologia, a explicação ainda é um mistério, mas existem algumas teorias que explicam essa vontade urgente de defecar no pós-café.

Muito provavelmente, não é a cafeína a grande responsável por essa necessidade do sistema intestinal, já que outros produtos com esse composto dificilmente causam os mesmos efeitos nos usuários. Além disso, é preciso lembrar que o café é uma substância bastante complexa e entender o que ativa o intestino não é uma tarefa simples.

Para o médico gastroenterologista — aquele profissional que é especializado no diagnóstico e tratamento de doenças do trato gastrointestinal —, Sameer Islam, tomar café e, em seguida, ir ao banheiro pode ser explicado pelo reflexo gastrocólico.

Continua após a publicidade

Nesse caso, a urgência de ir ao banheiro pode ser causada pelo estômago vazio e suas contrações, depois de um cafézinho. Em artigo na Men's Health, Islam explica que o reflexo gastrocólico ocorre quando o estômago "acorda" do café e começa a se contrair.

Essas contrações tendem a percorrer todo o canal de comunicação do estômago até o intestino delgado e o cólon, quando a pessoa conseguirá, de fato, evacuar. A partir dessa explicação, o efeito pode ser o mesmo tanto em homens quanto em mulheres, mas não será regra para todos os casos, já que inúmeras variáveis podem afetar o processo.

Questão da acidez

Outra linha de raciocínio para explicar a vontade de ir ao banheiro, após uma xícara de café, é o fato de que a acidez do grão ajude a estimular o intestino. Isso porque o café comum e o descafeinado contêm o ácido clorogênico.

Este ácido é conhecido por provocar níveis mais elevados de ácido estomacal e também uma maior produção de suco gástrico. No organismo, "o aumento da acidez, em geral, faz com que o estômago expulse seu conteúdo mais rapidamente do que o normal", explica o médico. Isso também poderia explicar a vontade de ir ao banheiro.

Estudo sobre o impacto do café no intestino

Do outro lado, faltam estudos robustos que comprovem a relação entre o café e a necessidade de fazer cocô. As evidências ainda são pouco abrangentes ou específicas para determinadas circunstâncias. Por exemplo, em 2018, uma revisão sistemática, publicada na revista Scientific Reports, buscou analisar os efeitos do consumo de café no pós-operatório.

Continua após a publicidade

O grupo de pesquisadores da Khon Kaen University, na Tailândia, procurava entender se o consumo de café no pós-operatório ajudava a "acordar" o intestino dos pacientes. Sem funcionar de forma adequada, pacientes relatam dores, náuseas e prisão de ventre.

Na revisão, os autores identificaram seis ensaios clínicos randomizados, somando 601 voluntários. Estas pesquisas testaram a eficácia do "consumo de café após cirurgia abdominal versus água potável ou nenhuma intervenção" no funcionamento do intestino.

"Verificou-se que o consumo de café no pós-operatório reduziu significativamente o tempo até a primeira defecação, o tempo até os primeiros flatos, o tempo até o primeiro som intestinal audível e o tempo até a tolerância a alimentos sólidos", detalham os cientistas. Em outras palavras, o café pode, ao menos em pacientes no período de recuperação, destravar o intestino.

Curiosamente, o consumo do café reduziu ligeiramente o tempo de internação hospitalar, afirmam os pesquisadores da Tailândia. No entanto, eles destacam que não foi possível adotar placebos durante os estudos analisados e isso deve ser considerado ao se analisar os resultados.

Continua após a publicidade

Fonte: Men's Health e Scientific Reports