Publicidade

O que é vista cansada e quais são os sintomas?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 19 de Maio de 2022 às 09h01

Link copiado!

Twenty20photos/Envato Elements
Twenty20photos/Envato Elements

Se você está perto do 40 anos e começou a apresentar alguma dificuldade em focar objetos, principalmente quando estão muito próximos, pode ter desenvolvido a vista cansada — oficialmente, conhecida como presbiopia. Apesar do nome, a condição não é passageira e acontece de forma natural, com o envelhecimento ocular.

Para conhecer os sintomas e os tratamentos disponíveis para pessoas que sofrem com a vista cansada, o Canaltech conversou com o médico Alfredo Pigatin, oftalmologista do Hospital de Olhos (H.Olhos), em São Paulo.

Continua após a publicidade

Adiantamos que a perda de foco e nitidez de perto, causada pelo quadro de vista cansada, é gradativa e esperada. “É aquele desgaste natural da capacidade de acuidade [acomodação] visual da pessoa, que ocorre por volta dos 40 anos", explica o médico sobre a presbiopia.

Sintomas da vista cansada

“O sintoma mais clássico do quadro [de vista cansada] é aquela queixa do paciente que não consegue mais enxergar coisas pequenas, como buraco da agulha ou a bula de remédio", conta Pigatin. Quando o quadro avança, a dificuldade em enxergar aumenta e o indivíduo pode ter problemas para ler um livro ou checar as mensagens do WhatsApp ou do Telegram.

A seguir, confira os principais sintomas da presbiopia:

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia
  • Perda da acuidade visual e dificuldade para focar (embaçamento);
  • Dor de cabeça;
  • Sensação de dor ou de pressão no fundo do olho;
  • Fadiga;
  • Cansaço ocular;
  • Tontura — sintoma não costuma ser comum.

Por que a pessoa afasta os objetos?

Com a vista cansada, é comum que a pessoa estique o braço para trás, procurando enxergar melhor. Isso porque, quanto mais perto ele está da visão, mais dificuldade a pessoa terá para enxergar. Este é um efeito da perda de capacidade de acomodação — a habilidade do olho em ajustar o foco da visão — para perto. Em termos anatômicos, é a consequência do endurecimento do cristalino e do enfraquecimento da musculatura.

Continua após a publicidade

Outra questão é que a presbiopia é menos evidente à luz do Sol. Nesses casos, a íris se fecha mais e, com isso, o olho tende a aumentar a profundidade de foco, o que melhora momentaneamente a visão do indivíduo.

Como tratar a presbiopia?

A ideia de tratamento é apresentar uma forma de auxílio ótico para o paciente, o pode ser feito com o uso de óculos ou de lentes de contato. Normalmente, o uso de colírios não é prescrito para os pacientes com o quadro de visão cansada.

Aqui, "não estamos falando de doença e, sim, da correção da perda de capacidade [visual]”, explica o oftalmologista. Em alguns casos ainda, o médico responsável pode indicar uma alternativa cirúrgica, como a cirurgia refrativa.

Continua após a publicidade

Para amenizar o quadro, pacientes podem fazer o exercício da troca de foco. "Durante um tempo, tentar focar o máximo que você consegue para perto e depois para longe. Isso pode melhorar um pouco essa amplitude de acomodação", comenta.

Presbiopia pode afetar jovens?

Como é um processo natural do envelhecimento, a vista cansada começa a afetar pessoas que estão próximas dos 40 anos. “Existem alguns jovens que podem usar óculos bifocal [ou ainda ter dificuldade de acomodação, mas eles têm um outro tipo de patologia. Não é a presbiopia", pontua o médico Pigatin.

Inclusive, o próprio nome da condição já aponta para o fato dela estar relacionada com a questão do envelhecer. Segundo a Academia Americana de Oftalmologia, o termo presbiopia vem da junção de duas palavras (presbys e óps) que, em grego, podem ser traduzidas como olho idoso.

Continua após a publicidade

Fonte: Com informações: Academia Americana de Oftalmologia