Entediado no trabalho? Isso pode ser síndrome de Boreout; entenda o que é

Entediado no trabalho? Isso pode ser síndrome de Boreout; entenda o que é

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 02 de Agosto de 2021 às 16h30
Magnet.me/Unsplash

Você está insatisfeito com o trabalho? Há muita monotonia na sua função? O sentimento de tédio e desmotivação permanente foi reconhecido por diferentes especialistas como síndrome de Boreout, que é cada vez mais comum, segundo novos estudos. É como uma prima da síndrome de Burnout, que diz respeito à fadiga.

Uma pesquisa realizada no México pela plataforma de busca de empregos OCC Mundial descobriu que 75% dos 700 trabalhadores participantes alegaram insatisfação com a situação do emprego, algo que os especialistas atribuem a um sentimento de desvalorização.

Os especialistas descrevem a síndrome de Boreout como um distúrbio psicológico causado por uma baixa carga mental no ambiente de trabalho, devido à falta de uma demanda de trabalho quantitativa ou qualitativa adequada, gerando tédio no curto e médio prazo por parte das novas gerações, que questionam o desequilíbrio entre as expectativas que tinham do seu trabalho e o seu real esforço.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: engin akyurt)

As causas da síndrome vão desde os próprios espaços físicos de trabalho, que tendem a ser opressores e desmoralizantes, até a falta de oportunidade de crescimento do emprego, tal como falta de propósito, falta de desafio intelectual, etc.  A síndrome de Boreout pode afetar a produtividade e a saúde mental.

O mau clima organizacional, o tédio por parte dos trabalhadores e a possibilidade de redução de custos que afetam as finanças podem ser evitados se for alcançado um ambiente de trabalho saudável, levando à prevenção do desenvolvimento de distúrbios psicológicos.

Fonte: Entrepeneur

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.