SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Google se alia ao governo dos Estados Unidos para combater a crise do ópio

Por| 22 de Fevereiro de 2019 às 07h51

Link copiado!

Google se alia ao governo dos Estados Unidos para combater a crise do ópio
Google se alia ao governo dos Estados Unidos para combater a crise do ópio
Tudo sobre Google

Pouco se fala sobre isso aqui no Brasil, mas os Estados Unidos enfrentam uma enorme crise de vício em opioides. Há um aumento não apenas no consumo de substâncias opioides não-legalizadas (como a heroína), mas, principalmente, um abuso no consumo de analgésicos derivados do ópio, como a morfina, oxicodona, di-hidrocodeína (substância usada em remédios como o Vicodin) e fentanil.

Essa crise vem aumentando não apenas por causa do tráfico de drogas, mas também pela conduta irresponsável de médicos, que receitam aos pacientes muito mais comprimidos do que o necessário — como o caso do doutor Barry Schultz, condenado a 157 anos de prisão por, entre outras coisas, ter receitado 20 mil comprimidos de oxicodona a um paciente em apenas um ano. Segundo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, cerca de 130 pessoas morrem por dia por overdose de substâncias opioides.

Para ajudar o governo a conter essa crise, a Google anunciou nesta quinta-feira (21) uma nova função para o Google Maps, que passará a indicar lugares onde as pessoas poderão fazer o descarte de drogas e medicamentos, com hospitais, farmácias e prédios governamentais preparados especialmente para esse tipo de descarte. No total, já foram cadastrados 35 mil localidades nos sete estados onde o número de viciados em opioides é maior: Alabama, Arizona, Colorado, Iowa, Massachussets e Pennsylvania. Há planos de expandir o projeto para todos os outros 47 estados do país.

O projeto da Google está sendo feito em parceria com órgãos do governo federal e grandes redes de farmácias como a Walgreens e a CVS. A empresa garante que nenhuma das informações de busca por esses locais será usada para localizar e perseguir usuários de drogas, e todo o processo de descarte pode ser feito de forma anônima em qualquer um dos locais indicados pela Google.

Continua após a publicidade

Fonte: CNet