Empresa cria meia tecnológica para detectar úlceras causadas por diabetes

Por Wagner Wakka | 28 de Março de 2018 às 19h15
photo_camera Siren

A empresa Siren desenvolveu uma meia capaz de detectar problemas relacionados à diabetes. A proposta de se criar a peça de roupa com a tecnologia vem de uma estatística de que mais de 100 mil pessoas perdem pés ou pernas a cada ano devido a úlceras infectadas por conta da doença.

Chamado de Neurofabric, o tecido da meia tem microssensores que não são sensíveis à pele do usuário, não incomodam e que podem ser facilmente produzidos já pelos equipamentos industriais padronizados utilizados atualmente. Contudo, conseguem monitorar inflamações na pele.

Cerca de 56% das úlceras do pé diabético são infeciosas, aponta a empresa. Além disso, 20% das pessoas com ferimentos nos pés infectados acabam com algum tipo de amputação e 80% das pessoas com diabetes que têm amputações nos pés morrem em cinco anos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para evitar que isso aconteça, a meia é capaz de monitorar temperatura dos pés e, assim, identificar sinais de inflamações, que são consideradas precursoras de úlceras nos pés por conta de diabetes. A medição da temperatura dos pés aumenta até 87% as chances de prevenção de úlceras nos membros inferiores, mostrando-se um dos métodos mais efetivos de profilaxia.

Ggráfico mostra taxa de sobrevivência comparando métodos de detecção de úlcera nos pés (Imagem: Siren)

O problema é que o monitoramento atualmente necessita de continuidade e grande empenho do paciente para medição de temperatura recorrentemente, exigindo que a pessoa vá ao médico para fazer isso. A ideia da meia é tornar este processo mais simples.

“Nosso Neurofabric tem inúmeras aplicações em saúde, esportes, uso militar e moda, mas era óbvio para nós que resolver esse problema específico era por onde tínhamos que começar, porque impacta muitas pessoas e pode significar a diferença entre perder um membro ou não”, explica a CEO da Siren Ran Ma.

A empresa ainda disponibiliza um aplicativo para monitoramento compatível com iOS e Android, além de um website para acesso aos dados e outras informações de cuidados. O usuário pode optar por um plano de receber 5 pares de meias a cada seis meses com um total de 19 dólares por mês.

Fonte: Siren

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.