“Doença dos vapes” faz sua mais jovem vítima fatal nos EUA

Por Claudio Yuge | 09 de Outubro de 2019 às 22h00
insurance journal

A “doença dos vapes” continua avançando nos Estados Unidos, e agora fez a mais jovem vítima fatal no país. Um adolescente de 17 anos, morador do Bronx, em Nova Iorque, foi hospitalizado duas vezes em setembro com os mesmos sintomas associados a problemas respiratórios que teriam sido causados por cigarros eletrônicos. Na sexta-feira (4), ele voltou a mostrar dificuldades, porém não resistiu.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças estadunidense, o número de mortes relacionadas à “doença dos vapes” chegou a 24. Na semana passada, uma mulher adulta foi a primeira a falecer em Nova Jersey por conta do mesmo motivo. Até o dia 1º de outubro, a vítima mais jovem tinha 27 anos. Cerca de 70% dos pacientes eram do sexo masculino, 80% tinham menos de 35 anos e 16% tinham menos de 18.

Mapa dos casos da "doença dos vapes" nos EUA (Imagem: Reprodução/The New York Times)

Nesta quarta-feira (9), os números foram atualizados e já são mais 1.080 casos. Os pacientes geralmente apresentam sinais semelhantes, como gripe e pneumonia, e lesões pulmonares com algumas particularidades. Ainda não há como saber ao certo a causa, mas suspeita-se que os fluidos com sabores e demais substâncias (incluindo derivados da maconha) estariam na lista dos responsáveis.

Estados querem proibir venda de vapes

Vários estados dos EUA, incluindo Nova Iorque, querem proibir cigarros eletrônicos com sabor, que atualmente têm muita popularidade entre os jovens. O governo de Trump até mesmo considera uma proibição federal, mas há muitos grupos, formados principalmente por varejistas, que vão contra essa decisão — e prometem apelar judicialmente.

Enquanto isso, algumas administrações municipais também tentam vetar a venda online do produto em questão para menores de 21 anos, a idade mínima legal para comprar produtos de tabaco e e-cigs em Nova Iorque.

Fonte: The New York Times  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.