Brasileiro cria máquina que faz a desinfecção contra a COVID-19 em 15 segundos

Por Natalie Rosa | 29 de Maio de 2020 às 17h50
CREA-GO

Já imaginou você sendo "desinfetado" assim que precisar entrar em algum estabelecimento ou instituição? O engenheiro civil Alaor Ferreira da Cruz Junior, de Goiânia, se inspirou em projetos estrangeiros e criou a sua própria máquina de higienização, produzida para combater o novo coronavírus. Batizada de Asepsis Machine, a cabine é capaz de fazer a desinfecção de pessoas, suas roupas e equipamentos, apenas ligada na tomada.

A desinfecção acontece com a liberação de hipoclorito de sódio e água, fórmula indicada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em jatos que garantem a esterilização em apenas 15 segundos. A máquina ficou alguns dias na Santa Casa da Misericórdia, em Goiânia, para ser testada na equipe de médicos e enfermeiros, e também no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) do estado. Foram mais de dois mil testes realizados.

O engenheiro, que também é diretor da startup Via Parthenon, conseguiu executar o projeto em apenas 20 dias a partir do momento que teve a ideia. A cabine funciona em conformidade com as especificações da NR12, norma de regulamentação que garante o uso seguro de máquinas e equipamentos. Pesando 120 quilos, a máquina não exige instalação e ainda possui um baixo consumo de energia, custando menos de dois centavos por pessoa que entrar na cabine.

Imagem: Reprodução/CREA-GO

A máquina pode ser usada por empresas no cenário de reabertura do comércio e outros locais públicos, não só para a desinfecção contra o novo coronavírus como também para evitar outros tipos de doença, uma vez que o comportamento da população em relação à higiene deve apresentar uma mudança nos próximos anos.

Fonte: Startupi, CREA-GO

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.