Bill Gates quer acabar com a gripe investindo US$ 12 milhões em vacinas

Por Wagner Wakka | 30 de Abril de 2018 às 07h51
Divulgação

Bill Gates anunciou na última sexta-feira (27), em evento em Boston, que vai investir US$ 12 milhões em uma iniciativa para acelerar o desenvolvimento de vacinas contra gripe.

“Quase todos os discursos que eu faço sobre saúde global são sobre o incrível progresso e novas ferramentas que estão ajudando o mundo a reduzir a mortalidade infantil e combater doenças infecciosas”, disse Gates.

Em 2018, faz 100 anos de uma das piores gripes que assolou a humanidade. Em 1918, uma pandemia de gripe matou de 50 a 100 milhões de pessoas em todo o mundo. Um dos principais motivos era que, naquela época, não havia vacina contra nenhum tipo do vírus.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Há uma área, no entanto, em que o mundo não está progredindo muito. E a história é bem negativa se não levarmos a sério. E isso é preparação para pandemias. Deve interessar a todos nós, porque a história nos ensinou que haverá outra pandemia global mortal”, comentou o cofundador da Microsoft em tom de preocupação.

Para isso, Gates anunciou que vai investir o montante milionário no Grand Challenge, uma parceria com a família de Larry Page, cofundador da Google, para ajudar a acelerar o desenvolvimento de uma vacina universal contra a gripe.

“O objetivo é incentivar o pensamento ousado dos melhores cientistas do mundo em todas as disciplinas, incluindo os novos campos. Lucy e Larry Page também estão apoiando os esforços do Sabin Vaccine Institute para encorajar abordagens inovadoras que eliminem a ameaça de uma pandemia mortal de gripe”, informou Gates.

Fonte: Scientific American

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.