YouTuber mais bem pago de 2019 tem apenas oito anos

Por Nathan Vieira | 19 de Dezembro de 2019 às 16h30
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

Pouca idade e muita grana. O YouTuber norte-americano Ryan Kaji, dono do canal Ryan's World, tem apenas oito anos e faturou, ao longo de 2019, o total de US$ 26 milhões (o equivalente a R$ 104 milhões), o que representa US$ 4 milhões (R$ 16 milhões) a mais do que o faturamento do garotinho em 2018. O canal de Ryan conta com 23 milhões de inscritos, e de acordo com dados divulgados pela Forbes nesta semana, o americano é simplesmente o YouTuber mais bem pago do ano.

A ideia do canal, a princípio, era fazer análises de brinquedos, mas acabou ampliando seu conteúdo para experimentos científicos, desafios, esquetes e até mesmo videoclipes, que conquistam regularmente milhões de visualizações. Em 2019, o canal somou mais de 34 bilhões de visualizações.

O canal Ryan's World conta com reviews de brinquedos, videoclipes, esquetes e vídeos de DIY, contabilizando bilhões de visualizações

O sucesso no YouTube levou a muitas outras oportunidades de renda para Ryan, com uma parcela dos US$ 26 milhões provenientes de brinquedos, roupas e outros produtos de marca que os fãs podem encontrar na Amazon ou em lojas de departamentos, como Target e Walmart. Ele ainda tem um programa exibido no canal de TV por assinatura Nickelodeon nos EUA, bem como um acordo com a plataforma de streaming Hulu para mostrar seu conteúdo.

Outros criadores da lista de YouTubers da Forbes incluem, em segundo lugar, o canal Dude Perfect, que consiste, basicamente, em cinco amigos de 30 anos praticando esportes, realizando acrobacias e quebrando o Guinness World Records, que faturou cerca de US$ 20 milhões (ou seja, R$ 80 milhões, aproximadamente) em 2019, tal como Anastasia Radzinskaya, uma garota russa de cinco anos de idade, cujo pai cria vídeos animados, coloridos e altamente criativos de sua filha atuando em esquetes.

Os pais de Ryan também participam ativamente do canal, com danças e até explicações, como no quadro "Você Sabia?"

O YouTuber PewDiePie está no número sete, com US$ 13 milhões (R$ 52 milhões) em ganhos, embora tenha dito recentemente que fará uma pausa na plataforma por um período não especificado no próximo ano.

A Forbes define um YouTuber como alguém cuja forma principal de receita digital e de mídia vem da plataforma de streaming de vídeo. Para chegar a suas estimativas, o veículo usa dados de várias empresas para calcular a renda gerada a partir de anúncios, conteúdo patrocinado, vendas de mercadorias, etc.

Fonte: Forbes via Digital Trends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.