Tutorial | Como postar em várias redes ao mesmo tempo com apps de terceiros?

Reprodução

Mais do que um ambiente para fazer amigos e postar fotos, as redes sociais são perfeitas para que empresas e páginas criem campanhas de marketing e valorizem seus serviços ou produtos. E para acertar na mão e angariar novos clientes (ou fidelizar os que você já tem), nada como medidas eficientes para turbinar sua estratégia.

O assunto de hoje gira em torno de apps de terceiros para te ajudar nessa missão. A coisa vai um pouco além de “baixar um software e agendar postagens”: nas redes sociais, cada empresa tem a sua política de segurança e relacionamento, ou seja: uma rede A pode permitir um determinado recurso, que por sua vez é barrado em uma rede B.

Junte a isso o escândalo de vazamento de dados do Facebook (Cambridge Analytica). A preocupação com a privacidade é uma constante na estratégia de quem usa qualquer plataforma, e cada app “de fora” delas pede uma série de permissões ao consumidor que, se lidas à risca, poderiam deixar qualquer um assustado.

Mas calma, há meios de contornar isso, sem violar as políticas de segurança das redes sociais nem arriscar a manutenção e presença do seu perfil nelas.

Abaixo, listamos alguns aplicativos que podem te ajudar a desafogar no seu objetivo.

Buffer

O Buffer foi a escolha para abrir esse tutorial não por suas capacidades de gerenciamento de vários perfis, mas porque ele traz um truquezinho que ajuda muito no agendamento de posts. O Facebook até permite a publicação agendada, mas o mesmo não pode ser dito do Instagram: com isso, o Buffer pode agendar um post na rede social de fotos — que pertence ao Facebook — e, de lá, encaminhar para o "Face".

(Imagem: Divulgação/Buffer)

Funciona assim: você baixa o Buffer, faz seu cadastro e “linka” as suas contas desejadas. Vamos usar as principais redes neste exemplo, ou seja, Facebook, Twitter e Instagram.

  • Você escolhe a imagem que deseja compartilhar e a relaciona dentro da interface do Buffer, selecionando em seguida quais são os perfis que receberão a publicação.
  • Inclua a legenda que desejar para acompanhar a imagem e, se você desejar, inclua fotos e vídeos adicionais
  • Selecione a opção “Customize for each network” para ter acesso a opções de personalização de post para cada rede (ótimo para determinar, por exemplo, se você quer separar as hashtags que vão para o Instagram das que vão para o Twitter)
  • Depois de escrita a legenda e a(s) foto(s) ser(em) selecionada(s), clique em “Share”. Aqui, você poderá definir se posta de imediato (“Share it now”), em horário sugerido pelo Buffer ou se cria um agendamento próprio. Escolha a opção e clique em “Custom schedule
  • No Twitter, o post será publicado automaticamente dentro do horário escolhido. Para o Instagram, porém, você receberá uma notificação no smartphone, como lembrete. Na hora certa, você poderá escolher entre publicar o post (Post!) ou somente dispensar a notificação (Dismiss!). Vamos seguir com “Post!” e você deverá escolher se a publicação vai para o seu feed ou para os Stories
  • Depois disso, você poderá selecionar filtros de cores ou ajustar o tamanho da imagem
  • Finalmente, na última página, o Buffer vai inserir automaticamente a legenda desejada e é aqui que vem o truque: essa mesma página oferece recurso de compartilhar o post no Facebook (além de outras redes, como Twitter e Tumblr). É só escolher as opções desejadas e clicar em “Share
Painel de controle principal do Buffer (Captura de Imagem: Rafael Arbulu)
Compositor de posts e mensagens do Buffer: é a partir daqui que você consegue agendar as publicações (Captura de Imagem: Rafael Arbulu)

Parece complicado, mas o processo é mais intuitivo do que parece por escrito. E antes que você pergunte, sim: você pode agendar apenas para o Instagram e usar o mesmo recurso para compartilhar no Twitter, mas isso derrota o propósito do tutorial: lembre-se que um compartilhamento feito pela ferramenta do Instagram, para o Twitter, vai gerar apenas um link no tuíte, e não compartilhará a imagem em si. Ao incluir o agendamento no Twitter, você evita essa dor de cabeça.

O Buffer é gratuito para uso e permite a conexão de até três contas sociais (na verdade, quatro, com o nosso truque, já que o compartilhamento do Facebook é feito via Instagram). Há uma versão paga, de US$ 15 mensais, que eleva esse número para oito redes, caso você realmente queira estar em todo lugar. Ah, e ele está disponível para desktop, Android e iOS, então também são favorecidos os posts mais espontâneos, quando você tira aquela foto bacana ou se teve alguma grande ideia de texto.

E existem outros apps?

Vários, na verdade, cada qual com a sua funcionalidade e processo. Um dos mais famosos é o Hootsuite, que tem um processo bem similar ao Buffer, mas com algumas perdas de benefício: ele só trabalha com páginas, então não é possível postar no seu feed pessoal do Facebook, por exemplo.

(Imagem: Divulgação/Hootsuite)

O TweetDeck costumava funcionar exatamente da mesma forma que o Buffer, até mesmo com agendamento de posts. Entretanto, nos últimos anos, ele foi alterado por seus desenvolvedores e integrado para trabalho exclusivo com o Twitter, não mais aceitando outras redes sociais.

(Imagem: Divulgação/Tweetdeack)

Há também o Sprout Social, que traz conexões com várias redes, mas é destinado a clientes empresariais. Um dos seus diferenciais reside no fato de ele trazer análises de CRM em relação aos posts publicados para cada conta, tornando possível aferir o desempenho de campanhas sociais e ajustá-las em tempo real, maximizando resultados.

(Imagem: Divulgação/Sprout Social)

Finalmente, temos o Agora Pulse, uma ferramenta que traz as mesma funções do Buffer, como agendamento, respostas a posts e publicação de imagens e hashtags, mas também tem um algo a mais: também direcionado a clientes empresariais, o Agora consegue criar relatórios de desempenho comparativo em relação a marcas concorrentes à sua.

(Imagem: Divulgação/Agora Pulse)

Vale citar, porém, que Sprout Social e Agora Pulse são aplicações pagas: elas trazem um período de testes gratuito, mas depois pedem pelo pagamento mensal. Os preços são a partir de US$ 89 mensais para o Agora e a partir de US$ 99 mensais para o Sprout, com funções mais detalhadas e mais redes conectadas em preços mais altos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.