Segurança no Facebook: confira 7 dicas para se manter protegido na rede social

Por Sérgio Oliveira

Esta terça-feira, dia 7 de fevereiro, é o Dia da Internet Segura em mais de 100 países. E para não deixar a data passar em branco, o Facebook listou 7 dicas e ferramentas que podem ajudar os usuários a se manterem seguros na rede social.

São dicas que vão desde verificações simples a ativação de recursos de segurança que nem todo mundo está ciente que estão disponíveis na plataforma. Então se você é uma das muitas pessoas que se preocupam diariamente com sua segurança e privacidade online, confira as sete dicas listadas abaixo:

1. Alertas de login

Um dos principais recursos para manter qualquer conta segura na internet atualmente é a autenticação em dois fatores. Talvez nem todo mundo saiba, mas o Facebook já dispõe dessa funcionalidade há tempos e basta que você ative as Aprovações de Login para desfrutar dela.

Com a opção ativada, você passa a receber um PIN em seu smartphone sempre que tiver de se autenticar em um computador diferente. É uma medida simples, mas bastante eficaz por barrar qualquer tentativa de estranhos de usar suas credenciais.

2. Chaves de segurança físicas

Uma medida ainda mais eficaz para proteger a sua conta é a adoção de chaves de segurança físicas. Funciona assim: ao ativar as chaves de segurança na sua conta, você pode ativar as aprovações de login utilizando um dispositivo USB. Em outras palavras, só acessa a conta quem estiver com o dispositivo em mãos.

O grande "porém" disso é que essas chaves têm de ser adquiridas de outras empresas, como a Yubico, o que exige um custo adicional que de repente só vale a pena para donos de negócios e páginas grandes na rede.

3. Adote senhas complexas

Aqui e acolá sempre surgem listas de credenciais roubadas por hackers e é recorrente a adoção de senhas simples como 'senha', '123mudar' e coisas do tipo pelos incautos.

Para evitar dores de cabeça nesse sentido, a recomendação é adotar uma senha que tenha pelo menos seis caracteres e usar uma combinação complexa que inclua números, letras e pontuações. Quando mudar sua senha, fique atento ao indicador que mostra se sua senha é forte o suficiente ou não e tente combinar letras maiúsculas e minúsculas para dificultar ainda mais a vida dos hackers.

E não se esqueça: o ideal é que cada senha que você usar seja única. Jamais use a mesma senha em mais de um serviço.

4. Contatos de confiança

Outro recurso de segurança bastante interessante do Facebook são os contatos de confiança. Eles funcionam assim: caso você tenha algum problema com sua conta e não esteja conseguindo acessá-la por ter esquecido a senha e não conseguir enviar uma nova para o seu e-mail, são os contatos de confiança que são ativados para lhe ajudar nisso. Portanto, selecione-os com cautela para não passar por sufoco.

5. Aprenda a lidar com spam

Um dos principais problemas que afeta a experiência de uso do Facebook é a quantidade de spam que circula na rede social. Com postagens sensacionalistas e links duvidosos, acaba sendo muito fácil cair numa cilada e deixar sua conta em risco.

Quando isso acontece, geralmente você vai começar a ver sua conta criando publicações, eventos, grupos ou páginas sem o seu conhecimento. A dor de cabeça, porém, tem uma solução e ela é mais simples do que você pensa.

Para resolver isso, verifique seu histórico de login e veja se não há acessos suspeitos à sua conta. Também execute uma análise das suas publicações e curtidas recentes e verifique o Registro de Atividades para excluir o conteúdo indesejado. Por fim, observe se não há nenhum serviço ou aplicativo escuso conectado à sua conta; em caso positivo, remova-o.

6. Phishing

Como dissemos no tópico anterior, a quantidade de links e notícias falsas que circulam no Facebook tem se tornado um problema para a rede social, que agora vem criando mecanismos para combater esse tipo de conteúdo.

Enquanto as coisas não ficam 100% nesse aspecto, o ideal é que você fique atento para não ser vítima de phishing. O phishing é uma tentativa maliciosa de obter acesso à sua conta e aos seus dados pessoais e financeiros. Normalmente é uma prática associada à distribuição de links maliciosos e exibição de sites falsos que muito se assemelham aos oficiais.

O calcanhar de Aquiles desses golpes são os erros de digitação e de grafia, links que levam a destinos diferentes do local indicado nas publicações e mensagens e que pedem informações pessoais. Fique atento a tudo isso e caso tenha dúvidas a melhor saída é visitar o site oficial por sua conta, sem ser a partir do link que você clicou.

Caso detecte alguma mensagem ou publicação falsa, você pode denunciá-la ao Facebook através do e-mail phish@fb.com ou nos links de denúncia que aparecem no site.

7. Cuidado com quem vê seus posts

Embora possa parecer simples, definir quem exatamente poderá ver suas publicações é uma das melhores maneiras de se resguardar online e evitar golpes de engenharia social. Portanto, sempre defina a audiência de suas publicações para evitar maiores problemas.