Facebook lança iniciativa para conter propagação de notícias falsas na França

Por Redação | 06.02.2017 às 09:16
photo_camera Divulgação

O Facebook lançou nesta segunda-feira (6), em parceria com o Google e um grupo de agências de notícias francesas, uma iniciativa para conter a propagação de notícias falsas na França, à medida que a eleição presidencial do país se aproxima.

A rede social anunciou que vai trabalhar com oito empresas de mídia francesa, incluindo a Agence France-Presse, a BFM TV e os jornais L'Express e Le Monde, para verificar e filtrar os artigos de notícias antes de serem publicados em sua plataforma. A iniciativa foi apelidada pelos integrantes como “Cross Check”.

Sob o novo sistema, se um artigo é relatado como falso pelos usuários, ele será enviado para um portal que todas as oito empresas de mídia terão acesso. Se pelo menos duas das empresas confirmarem o artigo como falso (com links para apoiar suas reivindicações), o conteúdo será marcado como contestado no Feed de Notícias do Facebook e os usuários verão um aviso antes de compartilhá-lo.

Segundo o Le Monde, a campanha francesa é semelhante a uma iniciativa que o Facebook lançou nos EUA no fim do ano passado e na Alemanha no mês passado. Tanto o Facebook como o Google enfrentaram críticas generalizadas por permitir que notícias falsas se espalhassem durante as eleições presidenciais dos EUA e líderes europeus expressaram preocupação de que tal desinformação possa afetar as próximas eleições em todo o continente.

Fonte: Reuters