LinkedIn já removeu mais de 20 milhões de contas falsas em 2019

Por Rafael Arbulu | 21 de Agosto de 2019 às 13h10
Phozs!
Tudo sobre

LinkedIn

Saiba tudo sobre LinkedIn

Ver mais

Será que existe o chamado “falso networking”? Se levarmos em conta os últimos esforços tecnológicos do LinkedIn, sim. A rede social profissional e de empregos revelou que, entre janeiro e junho de 2019, eliminou 21,9 milhões de contas falsas de seu site.

Em publicação no seu blog oficial, a empresa ressaltou que “98% de todas as contas falsas foram identificadas antes mesmo de serem instaladas”. Isso se deu graças às defesas automatizadas da plataforma, compostas por algoritmos de inteligência artificial.

LinkedIn diz ter eliminado mais de 20 milhões de contas falsas de sua plataforma social (Imagem: Divulgação/LinkedIn)

Quebrando em números, 19,5 milhões de fakes foram identificados por algoritmos, 2 milhões foram marcados e eliminados antes que qualquer usuário interagisse com eles e os reportassem, e, finalmente, 67 mil contas falsas foram derrubadas após denúncias feitas pelos internautas. O LinkedIn, hoje, diz contar com cerca de 645 milhões de usuários ativos.

“Queremos nos certificar de que nossa comunidade continue a ser um recurso de alto valor para você; que ela crie oportunidades para encontrar empregos, traga conexões e aprimore carreiras. Quando paramos as contas falsas, nós iniciamos mais chances para uma oportunidade econômica. Temos o compromisso de usar toda medida disponível para manter a sua segurança, permitindo a todos o acesso a melhores oportunidades econômicas ao mesmo tempo em que se sentem apoiados e seguros”, finaliza a companhia.

Fonte: LinkedIn

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.