Jovem transmite o próprio suicídio pelo YouTube

Por Redação | 15 de Março de 2018 às 10h44
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

YouTube

Um jovem ainda não identificado transmitiu o próprio suicídio pelo YouTube na noite desta quarta-feira (14). O rapaz, conhecido apenas por um apelido, “Shuaiby”, divulgou a realização do streaming por meio do fórum anônimo 4chan, do qual também se despediu com um bilhete escrito à mão antes de usar uma escopeta para tirar a própria vida.

Nas imagens, o rapaz aparece vestindo touca e com um pano cobrindo o rosto, o que impediu sua identificação até o momento em que esta reportagem é escrita. O streaming teria durado cerca de uma hora e inclui, além da preparação para o ato e o suicídio em si, a descoberta do corpo pela mãe do jovem e a ligação feita por ela para um serviço de emergência.

A transmissão foi realizada no próprio canal do jovem e, após sua finalização, teria permanecido no ar por cerca de duas horas antes de ser retirada do ar pelo YouTube devido ao conteúdo violento que vai contra seus termos de uso. Esse tempo, entretanto, foi suficiente para que as imagens fossem baixadas e disponibilizadas por outros usuários em serviços de compartilhamento de arquivos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em cenas já retiradas do ar, jovem transmitiu suicídio pelo YouTube (Imagem: News Media Watchdog)

As informações sobre o caso ainda são desencontradas e oriundas, justamente, do fórum anônimo que o jovem utilizou para divulgar seu suicídio. Outros usuários do 4chan afirmam que Shuaiby já havia demonstrado o desejo de se matar anteriormente, citando problemas familiares, e teria recebido apoio e suporte emocional no próprio espaço de discussão.

Algumas informações pessoais, entretanto, podem ser encontradas no perfil do rapaz no Steam. De acordo com sua página no serviço, ele tinha 17 anos de idade e morava na cidade de Stockton, no estado americano da Califórnia. Ele também seria um usuário ativo do YouTube, acompanhando canais, principalmente, relacionados a games, animes e músicas, comentando com frequência nos conteúdos de seus criadores favoritos.

Ele, entretanto, não produzia vídeos, com o streaming realizado na noite desta quarta-feira sendo o primeiro upload de seu canal pessoal. Agora, o espaço de mensagens da página começa a ser tomado por postagens de solidariedade. Até o momento em que esta reportagem foi publicada, o YouTube não havia se pronunciado oficialmente sobre o assunto.

Fonte: Reddit, News Media Watchdog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.