Google prepara perfis públicos para resultados de busca

Google prepara perfis públicos para resultados de busca

Por Rubens Eishima | 27 de Fevereiro de 2020 às 13h25
Rubens Eishima/Canaltech

Quase um ano após a morte do Google+ (lembra dele?), o Google se prepara para incluir um recurso de perfis pessoais em seu buscador, semelhante ao usado no topo da tela de resultados (no celular) ou na lateral direita (no desktop) para celebridades.

A descoberta foi feita pelo site Android Police, que encontrou telas de suporte que explicam como criar, editar e encontrar perfis públicos ao buscar no Google.

Exemplo de perfil público de uma celebridade (crédito: Google) 

A criação do perfil será feita no app de busca do Google ou em um navegador de smartphone ou tablet para Android ou iOS, será preciso ter uma conta Google e ligar a opção de “Atividade na Web e de apps”.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Para aparecer nas buscas será preciso preencher pelo menos o nome, local, resumo e profissão. Mais informações no perfil ajudam o perfil a ser encontrado e exibido na tela de resultados – prepare-se para uma avalanche de anúncios “coloque seu perfil na tela do Google” – mas no caso de pessoas com muitos homônimos, será preciso usar termos adicionais para aparecer nos resultados, caso parecido com o do resultado para “Steve McQueen” que mostra o ator morto em 1980 e “Steve McQueen diretor”, que mostra o diretor de cinema vencedor do Oscar com “12 Anos de Escravidão”.

Prevendo alguns abusos do recurso, a empresa já listou uma política de conteúdo para o perfil, que deve ser uma “representação verdadeira da pessoa”, deve evitar termos subjetivos, não pode ter declarações negativas ou pejorativas sobre pessoas, grupos, eventos ou assuntos, não pode promover o ódio, violência ou comportamento ilegal e deve respeitar os direitos de terceiros, incluindo privacidade e direito autoral.

As páginas de suporte ainda não estão disponíveis em português e não incluem uma data de lançamento. Acompanhe o Canaltech nas redes sociais para cenas dos próximos capítulos: Facebook, Twitter, Instagram.

Fonte: Google via Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.