Siga o @canaltech no instagram

Gastos com segurança de Mark Zuckerberg chegaram a US$ 20 milhões em 2017

Por Rafael Arbulu | 15 de Abril de 2019 às 11h59
Tudo sobre

Mark Zuckerberg

Saiba tudo sobre Mark Zuckerberg

Segundo anúncio feito pelo Facebook na última sexta-feira, 14, a empresa gastou aproximadamente US$ 20 milhões com a segurança pessoal de seu CEO e cofundador Mark Zuckerberg, bem como membros mais próximos de sua família. O montante é quatro vezes maior do que o gasto em 2016.

Segundo o relatório, o valor é separado em duas partes: 50% para o próprio Zuckerberg e os outros 50% para seus familiares. Nessa conta são incluídas despesas relacionadas a guardas-costas durante as viagens feitas pelo executivo, além de proteção à sua residência quando ele está ausente.

O Facebook tem uma ampla política de segurança quando o assunto é a proteção de seus executivos-chave: segundo a CNBC, a empresa emprega tecnologias de rastreamento em usuários da rede social que considera ameaçadores. Tal rastreamento é feito por meio das informações coletadas pelo perfil dessas pessoas e incluem até mesmo minibriefings para que seguranças fiquem “de olhos abertos”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O aumento com os gastos de segurança de Mark Zuckerberg não teve sua motivação detalhada, porém o ano de 2018 marcou um período turbulento para o Facebook devido aos escândalos de privacidade e mau uso de dados de usuários, o que exigiu do CEO diversas viagens internacionais para prestação de contas em comitês governamentais de várias nações. Esse tipo de movimentação requer atenção adicional no aspecto da proteção pessoal.

Fonte: CNBC (1) (2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.