Facebook traz ao Brasil a sua Central de Informações sobre a Ciência do Clima

Por Ramon de Souza | 19 de Fevereiro de 2021 às 23h30
Divulgação/Facebook

O Facebook anunciou, nesta quinta-feira (18), que finalmente está trazendo sua Central de Informações sobre a Ciência do Clima para o Brasil. Inicialmente conhecida como Climate Science Information Center, a plataforma estava disponível na França, Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos; agora, desembarca no Brasil, Bélgica, Canadá, Índia, Indonésia, Irlanda, México, Holanda, Nigéria, Arábia Saudita, Espanha, África do Sul e Taiwan.

“O Centro de Informações da Ciência do Clima conecta pessoas no Facebook com notícias baseadas na ciência, informações acessíveis e recursos das principais organizações de mudança climática do mundo. O centro inclui imersões aprofundadas que vão além dos fatos básicos, bem como maneiras de se envolver com o tema”, explica a rede social, em um comunicado publicado em seu blog oficial.

A Central já pode ser acessada e agrupa uma série de conteúdos sobre as mudanças climáticas: artigos explicativos (desmentindo notícias falsas sobre o tema), notícias de órgãos competentes (incluindo o Programa da ONU para o Meio Ambiente), gráficos com temperaturas médias ano-a-ano, estatísticas sobre o tema, dicas de como colaborar enquanto cidadão e até desafios periódicos virais.

Imagem: Captura de Tela/Canaltech

O atual desafio, batizado de #OurPlanetChange, que incentiva os internautas a compartilharem fotografias de locais que gostariam de proteger contra os impactos do aquecimento global. Ademais, para apoiar a redução no nível de carbono na atmosfera, a rede social anunciou uma doação de US$ 100 mil para a Arbor Day Foundation, famosa ONG dedicada a preservação ambiental.

“Como afirma Nancy Groves, do Programa Ambiental da ONU: ‘Um planeta saudável depende de todos, em todos os lugares, e isso começa com as pessoas tendo acesso a informações precisas e oportunas. Esperamos continuar a trabalhar com o Facebook neste novo esforço para dissipar mitos e fornecer acesso à ciência’”, finaliza a plataforma.

Fonte: Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.