Facebook libera ferramenta de controle da atividade fora da rede após dois anos

Por Felipe Junqueira | 28 de Janeiro de 2020 às 16h05
Pixabay
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Mark Zuckerberg prometeu, há quase dois anos, a inclusão de um botão que permitiria a usuários do Facebook limparem o histórico de navegação de sua conta na rede social. A notícia foi dada no dia 1º de maio de 2018, no perfil do criador da plataforma, poucas horas antes da apresentação da conferência anual para desenvolvedores F8 daquele ano.

Aproveitando o Dia Mundial da Privacidade, a rede social anunciou a implementação do recurso neste final de janeiro de 2020. Um ano e nove meses após a promessa. Mas antes tarde do que nunca, certo?

O botão para apagar esse histórico está disponível a partir de hoje, 28 de janeiro. Basta acessar suas configurações e clicar em “suas informações no Facebook”, pelo navegador ou pelo app mobile. Ao selecionar “atividade fora do Facebook”, você vai parar em uma nova página que mostra alguns dos sites e aplicativos que compartilharam suas atividades com o Facebook. E aí pode gerenciar a atividade fora da rede social, desconectar o histórico, acessar ou baixar suas informações e gerenciar atividade futura.

Nova opção de controle de atividades fora do Facebook (Captura de tela: Felipe Junqueira/Canaltech)

Desconectar a atividade só vai apagar tudo o que foi compartilhado até hoje com a rede social. Para evitar que haja compartilhamento daqui para a frente, você deve ir na última opção, Gerenciar atividade futura e desabilitar a opção Atividade fora do Facebook.

“A ferramenta de atividade fora do Facebook representa um novo nível de transparência e controle às pessoas na plataforma. Estamos trabalhando nisso há algum tempo, porque tivemos que reconstruir alguns de nossos sistemas para implementar essa ferramenta”, escreveu Zuckerberg.

Outras medidas

Usuários do Facebook poderão ver dicas de privacidade (Captura de tela: Felipe Junqueira/Canaltech)

Aproveitando a data, o Facebook também passou a mostrar na linha do tempo dos usuários uma notificação convidando cada um a fazer uma “verificação de privacidade”. É uma série de orientações para ajudar o próprio usuário a entender o que, como e porque tomar algumas medidas que possam evitar exposição desnecessária na rede social.

A plataforma também vai passar a enviar notificações de login em apps e serviços de terceiros. Por exemplo, se você usa o login da rede social para entrar em outro serviço, digamos, o Spotify, vai receber um alerta sempre que entrar na plataforma de música. Se receber uma notificação e não tiver logado, saberá que estão usando a sua conta sem seu conhecimento, e poderá agir para evitar uma invasão.

“Queremos que você possa entender e gerenciar facilmente suas informações, por isso fortalecer seus controles de privacidade é tão importante. Teremos mais para compartilhar à medida que progredirmos neste importante trabalho nesta década”, explicou Zuckerberg.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.