Facebook e Instagram ganham novas ferramentas para produtores de vídeo

Por Felipe Demartini | 16 de Setembro de 2019 às 19h30
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (16) uma série de ferramentas novas para quem costuma realizar transmissões ao vivo na rede social ou publicar vídeos no Instagram e IGTV. As novidades, afirma a empresa, vieram após feedback da própria comunidade e chegam como alternativas para aqueles que desejam profissionalizar a utilização das plataformas na produção de conteúdo em vídeo.

As principais mudanças acontecem no Facebook, que dobrou o limite máximo de transmissões ao vivo de quatro para oito horas. Além disso, as páginas ganharam a possibilidade de realização de transmissões privadas, que podem ser vistas apenas pelos moderadores, e servem para testar codificações, organizações de tela ou demais recursos sem que a transmissão possa ser vista por todos.

Além disso, uma vez que uma gravação de streaming é publicada, ela pode ser editada diretamente na rede social, para remover, por exemplo, períodos de espera que antecedem o início dos trabalhos ou avisos pontuais que o criador não deseje manter nos vídeos publicados. Ainda, o Facebook adicionou um recurso à sua API de transmissões ao vivo que permite o streaming simultâneo para mais de uma plataforma, além da própria rede social.

No Instagram, por outro lado, o foco é nos vídeos gravados, com os donos de perfis podendo programar a publicação de clipes em seus próprios espaços ou no IGTV. A empresa permite que isso seja feito em um intervalo de até seis meses a partir da data atual, enquanto também é possível fazer pequenos cortes e edições nos conteúdos já agendados ou publicados anteriormente.

Chegada de novas opções de vídeo ao Facebook e Instagram também envolve acesso melhor a métricas de retenção e público fiel (Imagem: Divulgação/Facebook)

O recurso de agendamento chega também às páginas do Facebook, mas os Stories da plataforma ainda não contam com esse tipo de programação. Os criadores de conteúdo da rede social ganham, também, incrementos em seu Estúdio de Criação, com uma nova visualização que facilita o acesso aos fãs mais fieis e métricas de vídeo como retenção e média de minutos assistidos, permitindo uma noção rápida do que está funcionando ou não com o público.

Também como uma forma de engajar a audiência, o Facebook está adicionando novos recursos às Watch Parties, que permitem agendar a estreia de um vídeo para que todos possam assistir juntos a um conteúdo gravado. Agora, é possível marcar parceiros de negócios e permitir “replays”, com os usuários que chegarem tarde podendo assistir à premiere como ela aconteceu originalmente, com direito a uma reprise do chat.

Aqui, também entram em ação novas métricas, que indicam a quantidade de pessoas que assistiram a mais de 60 segundos de vídeo e também os pontos exatos em que as pessoas abandonaram as criações. Assim como o agendamento e todas as outras novidades, elas já estão disponíveis para os criadores de conteúdo em vídeo do Facebook.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.