Facebook e Instagram bloquearão ativamente contas de menores de 13 anos

Por Ares Saturno | 24 de Julho de 2018 às 18h12
Tudo sobre

Facebook

Com roubo de dados pessoais, ineficiência em banir discursos de ódio contra minorias e a freqüente ameaça das notícias falsas, está cada vez mais nítido que as redes sociais são um ambiente hostil e pouco adequado para o público infantil. Após um escândalo lançado na Internet, quando um jornalista se infiltrou nas equipes de moderação do Facebook e divulgou diversas falhas na aplicação das políticas defendidas pela rede social, contas de perfil com crianças menores de 13 anos como titulares serão banidas tanto no Facebook como no Instagram. Antes, a moderação apenas averiguava as contas de usuários que eram denunciados como sendo crianças, mas agora a ordem é procurar ativamente por essas contas e então desativá-las.

As contas proativamente encontradas serão, inicialmente, bloqueadas e será solicitado que seus titulares enviem cópias dos documentos pessoais para provar que possuem pelo menos 13 anos completos para a reativação do perfil.

Mas a empresa não vai abrir mão tão facilmente de um público que, ainda que exija mais cuidados da moderação e segurança, significa um nicho a ser explorado: desde dezembro de 2017, uma versão do aplicativo de mensagens instantâneas Messenger vem sendo disponibilizada em alguns países para crianças entre 6 e 12 anos, permitindo que os cuidadores definam quais são os contatos que podem conversar com os pequenos, inclusive definindo se os recursos de vídeo podem ser acessados ou não. O app está disponível, atualmente, apenas para os usuários dos EUA, México e Peru.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.