Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Elon Musk moveu servidores por conta e deixou Twitter instável, revela livro

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 13 de Setembro de 2023 às 09h38

Link copiado!

Domínio Público
Domínio Público
Elon Musk

Na tentativa de economizar dinheiro, Elon Musk decidiu passar por cima dos conselhos de engenheiros do X (antigo Twitter) e mover todo o servidor da plataforma por conta própria, com a ajuda de canivetes e uma empresa terceirizada de mudança. Meses depois, o dono da rede social revelou o arrependimento.

O episódio ocorreu em dezembro do ano passado, dias antes do natal, e foi retratado em Elon Musk, biografia do bilionário escrita por Walter Isaacson e publicada no Brasil pela editora Intrínseca. Musk ficou impaciente e não gostou do prazo oferecido pelos engenheiros da empresa para transferir os servidores entre Sacramento e Portland, nos EUA.

O que aconteceu

Continua após a publicidade

De acordo com um trecho do livro publicado pela CNBC, o então CEO do Twitter queria cortar os gastos com a manutenção dos servidores na cidade de Sacramento — as despesas com a instalação chegavam a US$ 100 milhões por ano (cerca de R$ 495 milhões em conversão direta na cotação atual).

O objetivo era mover os servidores para outra unidade do X, na cidade de Portland, mas alguns funcionários da área na empresa alertavam para os riscos dessa mudança. Uma diretora chegou a mencionar que o procedimento levaria entre seis a nove meses para transferir os equipamentos de forma segura e o servidor de Sacramento precisaria continuar ativo para estabilizar o tráfego da rede.

Musk teria interrompido a fala da executiva e dito que o “cérebro doía” ao ouvir tais comentários. Aí, segundo o livro, ele ofereceu um ultimato: transferir tudo em até 90 dias ou a demissão dos funcionários, pois considerava “trivial” mover os servidores de um lugar a outro.

Seu primo James Musk sugeriu que eles mesmos fizessem a mudança, e o bilionário topou. Rapidamente, voltaram para Sacramento e pediram o acesso aos servidores. Um funcionário local explicou as medidas de segurança para remover todos os computadores, mas Elon Musk decidiu usar um canivete para abrir as estruturas.

Continua após a publicidade

O dono do Twitter convocou alguns funcionários da SpaceX e contratou uma empresa de mudança que encontrou no aplicativo Yelp para transferir os servidores ao longo de três dias. Um dos integrantes do "time Musk" gastou cerca de US$ 2.000 (R$ 10.000 em conversão direta) com AirTags para rastrear a mudança até Portland.

Os problemas da mudança

Apesar de todos os alertas, Elon Musk ignorou os conselhos e seguiu com a própria decisão. As consequências foram notadas pouco tempo depois, com o Twitter instável durante dois meses.

Continua após a publicidade

O dono do Twitter reconheceu o problema em março deste ano: “em retrospecto, o desligamento de Sacramento foi um erro”, relata a biografia.

Poucos dias após a mudança dos servidores, a plataforma saiu do ar por algumas horas. Na ocasião, Elon Musk ironizou um usuário e disse que a rede ainda funcionava para ele.

Fonte: CNBC