Facebook agora conta com um detector de malwares

Por Redação | 21 de Maio de 2014 às 12h18

Em busca de mais segurança, o Facebook anunciou uma parceria com as empresas de segurança F-Secure e Trend Micro para garantir acesso mais seguro dos usuários à rede social. Segundo a empresa, ao longo das próximas semanas, um sistema de escaneamento gratuito será oferecido aos usuários sempre que eles realizarem login, possibilitado a varredura do sistema em busca de ameaças e malwares.

Tudo vai funcionar por meio de downloads temporários do F-Secure Online Scanner ou do Trend Micro HouseCall. Mensagens sobre a possibilidade de download dos aplicativos serão exibidas para os usuários assim que eles acessarem a plataforma e, caso optem por baixar os softwares, todo o restante do processo é automático.

Facebook Malware

Após aceitar o download, os aplicativos são baixados e executados, com o resultado sendo exibido em forma de notificação assim que estiver pronto. Os softwares também se apagam automaticamente e por issoo Facebook alerta que não se tratam de substitutos para soluções comuns de proteção, mas sim uma nova função da rede social para garantir que as máquinas de seus usuários estejam seguras.

Um dos principais objetivos do Facebook com a aplicação é acabar com a proliferação de links maliciosos, que cada vez mais se espalham nas linhas do tempo de seus usuários. Um dos métodos preferidos dos hackers é a utilização de postagens automáticas por computadores infectados, que buscam mais e mais máquinas que possam constituir redes zumbis ou fornecer dados úteis para a realização de crimes digitais.

Provavelmente devido a questões de segurança e proteção das soluções, o Facebook não disse exatamente que tipo de verificação é realizada pelos aplicativos. Mas, desde já, informa a todos os interessados que nenhum tipo de coleta de dados é realizada durante o processo, já que as soluções são terceirizadas e de total responsabilidade da F-Secure e da Trend Micro.

Ainda assim, a rede social informa que vai analisar a aceitação de seus usuários para, no futuro, continuar investindo em novas opções de software e parcerias voltadas para o site.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.