Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

X-Men | Roteirista diz como criar o vilão perfeito para Wolverine

Por| 21 de Março de 2024 às 17h00

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics

Quando tinha menos estofo e complexidade, Wolverine sempre foi inicialmente um anti-herói fácil de se relacionar porque pode ser fácil de resumir em duas palavras que cabem em momentos importantes de muita gente: ele é, basicamente, um caçador e um sobrevivente. E, claro, Logan fica ainda mais interessante quando tem oponentes à altura. Essa tarefa não é fácil, contudo, um roteirista experiente no assunto dá dicas de como criar o vilão perfeito para o baixinho dos X-Men.

Enquanto falava em um episódio do podcast CEREBRO, o escritor Benjamin Percy, que já esteve à frente dos títulos X-Force e Wolverine destacando Logan como protagonista, afirmou que tudo começa com o clássico esforço para "encontrar um espelho sombrio" para o protagonista.

Continua após a publicidade

Percy conseguiu tirar a trajetória de Wolverine do marasmo e dos clichês recorrentes graças ao fato de ele ter elevado o nível dos vilões, tanto os estreantes, quanto os mais icônicos do personagem — especialmente Dentes de Sabre, tanto é que ele é o responsável pela atual saga Guerra dos Dentes de Sabre.

Vilão perfeito de Percy

Nos últimos anos, Dentes de Sabre ficou exilado em poço muito insalubre que serviu de prisão para vilões mutantes em Krakoa. A ofensiva contínua contra Logan em Guerra dos Dentes de Sabre tem muito a ver com a humilhação e raiva nesse período, pois Victor Creed chegou a apresentar ações heróicas no passado e sua detenção aconteceu entre seus pares — muitos dos quais também tinham uma extensa ficha corrida de crimes.

Continua após a publicidade

“Se você está fazendo certo, seu vilão é uma externalização de algum conflito interno do protagonista”, comentou Percy, que admitiu usar outro antagonista de Logan, Ômega Vermelho, justamente para poder “marinar” Dentes de Sabre até o momento ideal.

Cada bom roteirista tem seu jeito de construir um vilão à altura do herói, mas não dá para negar que a fórmula usada por Percy é interessante e eficaz.