Publicidade

Superman vê ícone de sua mitologia sendo destruído 66 anos após criação

Por| 04 de Julho de 2024 às 19h38

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Absolute Power, nova saga destruidora de heróis e grande evento de verão estadunidense da DC Comics, acabou de começar e promete ser uma das tramas de maior impacto na editora nos anos que virão. Além de colocar a Liga da Justiça e praticamente todos os meta-humanos da Terra em uma situação de escravidão e sem poderes, a Trindade do Mal comandada por Amanda Waller vai destruir uma peça icônica da mitologia do Superman, algo que segue intacto há 66 anos.

Atenção para spoilers da saga Absolut Power!

A primeira edição de Absolute Power mostrou que o evento é mesmo um dos mais terríveis para os heróis. Amanda Waller, em um verdadeiro ataque blitzkrieg, usa a tecnologia alienígena da Rainha Brainiac para jogar a opinião pública contra os heróis, criando imagens e notícias falsas com ajuda da inteligência artificial extraterrestre.

Continua após a publicidade

Isso obriga os heróis a ir às ruas mostrar para a humanidade que tudo não passa de uma jogada de Waller. Contudo, ao fazer isso, eles são expostos ao ataque de Failsafe, o Batman androide maligno da Trindade do Mal. Ele comanda um grupo de androides Amazo que roubam os poderes da Liga da Justiça.

E, em um dos momentos mais comoventes de Absolut Power #1, o Superman cai depois depois de ser alvejado por um androide Amazo, que se revela como o Último Filho — uma espécie de supermáquina equivalente ao kryptoniano. Jonathan Kent, o jovem Superman filho de Lois Lane e Clark Kent; e Superboy Conner Kent, clone nascido de DNA combinado de Clark e Lex Luthor; tentam ajudar o Homem de Aço, apenas para serem também atingidos. E a edição mostra que Waller tem planos especiais para Jon, que será transformado em ciborgue pela Rainha Brainiac.

Fortaleza da Solidão será destruída

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

E aí chegamos à revelação de que a Fortaleza da Solidão, um ícone na mitologia do Superman que permanece intocado há 66 anos, será destruído. A prévia de Absolut Power #3, que será lançado em setembro, já antecipa a tragédia, que vem sendo comparada com a própria morte do Homem de Aço nos anos 1990.

“Nossos heróis estão em fuga após o ataque devastador da Trindade do Mal à fortaleza da Solidão! Com a sede do Superman em ruínas e os superpoderes do Planeta Terra nas garras de Amanda Waller, Failsafe e da Rainha Brainiac... será este o fim da linha?”, questiona a sinopse da edição. 

Claro que os heróis darão uma resposta. “De jeito nenhum – a resistência continua viva! Usando tecnologia de fortaleza consertada pelo Senho Incrível e Onda-Aérea, a última esperança da Terra recuou para Themyscira, lar da Mulher-Maravilha e notoriamente desconfiada de estranhos”, adianta a sinopse, que termina questionando se Batman e Superman, aliados aos outros defensores remanescentes, conseguirão ajudar o Flash Barry Allen e vencer Waller.

Continua após a publicidade

O Superman terá que lidar, especialmente, com o fato de seu filho, Jon Kent, se tornar um ciborgue maligno e o maior responsável pela destruição da Fortaleza da Solidão. Além disso, o Último Filho Amazo surge desde já como a maior ameaça de sua trajetória, pois, além de inteligência que rivaliza com a de Lex Luthor e de Brainiac, ele é tão ou mais destrutivo do que Apocalipse — o monstro que "matou" o Homem de Aço no passado.