Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Star Wars mostra como Palpatine dominou psicologicamente Darth Vader

Por| 04 de Abril de 2024 às 19h34

Link copiado!

Dark Horse Comics
Dark Horse Comics

O Senador Palpatine e sua manipulação sobre Darth Vader faz parte de dois terços da história da Saga Skywalker de Star Wars, e a vitória dos Jedi no final da trilogia original só se dá justamente por conta de um “basta” final que Anakin Skywalker dá sobre essa influência do Imperador. Uma HQ publicada na época que os direitos de impressão eram da editora Dark Horse mostra como era feito esse domínio psicológico.

Os quadrinhos mostram Palpatine manipulando psicologicamente Vader, fazendo-o se sentir perpetuamente inferior, exagerando suas vitórias e minando suas conquistas reais. Uma HQ, em especial, ilustra bem isso, quando Vader tentava encontrar e matar Obi-Wan Kenobi por conta da “traição” de seu antigo mestre.

Em Star Wars: Purge #1, publicado em 2005 e considerado como parte do selo Legends, ou seja, fora do atual cânone, Darth Vader cai em uma armadilha preparada por um grupo de oito Jedi. Os heróis tinham a esperança de parar o Lorde das Trevas em uma resistência final contra os Sith, mas Vader massacrou todos eles.

Continua após a publicidade

Quando Darth Vader retornou ao Imperador, ele admitiu tê-lo desobedecido, já que Palpatine disse a Vader para não se preocupar com os Jedi pois sua Ordem havia caído com a ascensão do Império. Mas, em vez de ficar com raiva, Palpatine diz a ele que esta história de Vader matando um ninho de Jedi espalharia o medo por toda a galáxia e apenas reforçaria a visão de que os Jedi não são mais uma ameaça. 

A história diria que Vader matou 50 Jedi sozinho, o que está muito longe da verdade, e serviu apenas para minar o significado da vitória real de Vader. O Lorde das Trevas matou oito Jedi, alguns deles Mestres, todos com um sabre de luz, e, mesmo com uma vitória aparentemente impossível, Palpatine encontrou uma maneira de torná-la vazia e vergonhosa, exagerando os detalhes em algo que Anakin nunca poderia realizar.

Ou seja, Palpatine dominou psicologicamente Vader com a ideia de que as pessoas só o temem porque ele “matou” 50 Jedi, fazendo-o se sentir sempre inferior, especialmente com relação às suas expectativas. Isso mostra o quão tóxica era a relação de ambos e reforça o fato de Anakin querer se livrar de sua influência no final da trilogia inicial da Saga Skywalker em Star Wars.