Morre Joan Lee, esposa de Stan Lee

Por Redação | 07 de Julho de 2017 às 10h46

Morreu nesta quinta-feira (07) Joan Lee, esposa de Stan Lee, criador de tantos personagens clássicos da Marvel. Ela sofreu um derrame e foi internada às pressas em um hospital de Los Angeles, mas não resistiu. Ela tinha 95 anos e era casada com o roteirista e produtor há 69 anos, desde 1947.

Britânica, ela foi modelo de chapéus em seu país natal e também nos Estados Unidos, onde conheceu Stan Lee. Ela chegou à América depois de se casar impulsivamente com um soldado em plena Segunda Guerra Mundial, de coração partido depois que seu amor de adolescência escolheu ficar com outra mulher. O casamento, entretanto, não era feliz.

Enquanto isso, Lee sonhava com a esposa perfeita e chegava a fazer desenhos de sua idealização. Após ser incentivado por um primo a chamar uma amiga de Joan para sair, ele a conheceu e viu nela a mulher de sua imaginação, com o plus de ter um sotaque britânico – algo que ele sempre declarou ser o seu fraco.

Tudo isso aconteceu anos antes da participação de Stan Lee na criação de alguns dos personagens mais clássicos da Marvel, como o Homem de Ferro, o Capitão América e os X-Men. Joan esteve ao lado dele durante esse processo e eles permaneceram juntos ao longo da ascensão da empresa, seus movimentos de mercado e a transformação da marca em um dos maiores nomes da cultura pop.

Foi a esposa, inclusive, a responsável por tudo isso, afirma Lee. Ele conta que estava desgostoso de sua carreira nos quadrinhos e queria pedir demissão para seguir o sonho de ser escritor. Ela, então, o desafiou a criar uma última história. Foi daí que nasceu O Quarteto Fantástico, que alçou seu nome ao sucesso e levou à gênese de tantos outros nomes reconhecidos ao redor do mundo.

Além de ser creditada como a grande inspiração para os heróis, Joan Lee também fez pontas como dubladora nos desenhos animados d’O Quarteto e Homem-Aranha, nos anos 1990, além de ter participação no filme X-Men: Apocalypse, do ano passado, aparecendo ao lado de Stan em uma das cenas. Ela também era escritora, com um único romance publicado, apesar de ter pelo menos mais três histórias finalizadas, mas nunca publicadas, guardadas em seu acervo pessoal.

De acordo com o comunicado da família, Joan Lee morreu em paz e cercada de entes queridos. Ela deixa uma filha, Joan Celia Lee, de 67 anos de idade.

Fonte: The Hollywood Reporter