SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Marvel finalmente “aposenta” novamente um de seus deuses mais poderosos

Por| 11 de Julho de 2023 às 13h50

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics

A Marvel Comics finalmente detalhou qual é o destino final de um dos deuses mais poderosos de seu cânone. Na mais nova revista de Thor, vemos que seu pai, Odin, vai deve permanecer novamente em segundo plano — algo que é bem-vindo, pois ele tem funcionado melhor dessa forma ao longo de décadas de histórias.

Atenção para spoilers de Thor #35!

Em Thor #35, lançado recentemente, Odin aceita se mudar para Valhalla, o “céu dos guerreiros mortos” da mitologia nórdica, ao lado seu pai, Bor. Não é a primeira vez que Odin morre no Universo Marvel, mas, no passado, ele sempre voltou à vida. Desta vez, contudo, a maneira dramática com que ele se despediu pode ter decretado seu destino final — se não definitivamente, pelo menos bor um bom tempo até um possível próximo retorno.

Continua após a publicidade

A razão por essa grande despedida, segundo a própria trama revela, é que Odin finalmente aceitou que seu filho Thor finalmente superou-o, permitindo-se, assim, que a Força Odin pudesse fluir totalmente através de Thor. A HQ revela também que Odin viveu dentro de martelo de Odinson, Mjolnir, servindo como guia para o Deus do Trovão.

No final, após ser confortado por Jane Foster, Odin relembra a juventude de Thor e Loki e leva os mortos para Valhalla, entrando na sequência, talvez de uma vez por todas. É uma sequência tocante e sombria, que também serve como um encerramento digno do relacionamento que um dos maiores deuses da Marvel tem com seus filhos.

Continua após a publicidade

Odin nunca esteve tão presente quanto na última década de histórias da Marvel Comics. Ele apareceu entre os Vingadores Pré-Históricos, teve grande participação na saga A Essência do Medo, de 2011; também esteve bastante ativo durante a atual fase de Thor Rei, e vinha sendo citado nas reestruturações cósmicas da Casa das Ideias, como a Força Fênix sendo mãe biológica de Odinson.

A explicação por sua presença constante, nos últimos anos, é exatamente o “mapeamento cósmico” e a reformulação de hierarquia de poder da Marvel: era necessário mexer no passado de Odin para reposicioná-lo e criar outros elementos que fazer parte do novo Multiverso da Casa das Ideias. Assim, depois de cumprir bem seu papel, é bem possível que o “Pai de Todos” volte a se tornar mesmo uma figura etérea e lendária — da forma que sempre funcionou melhor nas tramas da editora.