SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Entenda por que os X-Men perderam a fé na liderança do Professor Xavier

Por| 21 de Julho de 2023 às 18h02

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics
Tudo sobre Marvel

Os X-Men, sejam os mais novos ou os membros clássicos da formação original, perderam a fé na liderança e nos ideais de Charles Xavier. O Fera e Ciclope, por exemplo, já vêm trilhando caminhos alternativos há tempos, e até Wolverine e Tempestade, que sempre ficavam ao lado do Professor X, passaram a questionar os conceitos e atitudes de seu mentor.

Atenção para spoilers de Immortal X-Men #13, X-Men Red #11, X-Force #39 e Wolverine #31!

Vamos recordar que, quando os X-Men apareceram pela primeira vez, em 1963, os Estados Unidos viviam uma época de revoluções comportamentais provocadas pelos movimentos de contracultura, como hippie, black power, flower power e beatnik. Haviam muitos questionamentos sobre os padrões do american way of life pós-Segunda Guerra Mundial, em uma busca por mais paz e liberdade.

Continua após a publicidade

Isso tudo refletiu no sonho da convivência pacífica entre humanos e mutantes, um ideal que seguiu como uma bússola moral ao longo de décadas. Mas os tempos são outros: o volume de informações que temos à disposição atualmente nos mostra que o mundo e as pessoas são muito mais complexos do que achamos que eram no passado.

O estilo de liderança que funcionou para o Professor X no final do século XX não encontra mais apoio de seu próprio povo. Xavier passou a ser criticado por conta de suas tendências paternalistas.

Por que Xavier está perdendo seus X-Men?

Continua após a publicidade

Bem, aquele sonho antigo de convivência pacífica entre humanos e mutantes se tornou cada vez mais inviável, principalmente depois dos anos 2010. Há mais de uma década temos visto muitas comunidades serem representadas e incluídas no mundo. E, assim como na vida real, Xavier entendeu que é hora de assumir um protagonismo que deixa de esconder e passa a celebrar um “orgulho mutante”.

Assim nasceu a Era Krakoana, em 2019, com a ilha viva Krakoa sendo transformada em um nação reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), com seus próprios idioma, ciência, cultura, política e celebrações. No comando, estavam os três fundadores, Professor X, Magneto e Moira MacTaggert, cuja verdadeira agenda foi finalmente revelada.

Desde a formação de Krakoa, Moira enganou os mutantes e partiu para se juntar à organização extremista Orchis. Para piorar a situação, Magneto morreu lutando por Arakko durante os eventos do Dia do Julgamento. A morte e a deserção de seus dois colegas deixaram o Professor X como o único fundador remanescente de Krakoa.

Continua após a publicidade

E, em vez de preencher a lacuna de poder deixada por Magneto e Moira com novos líderes, o Professor X assumiu o papel de “salvador” de Krakoa e se isolou cada vez mais, centralizando todos os problemas e soluções apenas em si.

Os mutantes que seguiam cegamente o Professor X estão cada vez mais distantes dele. Os X-Men voltaram para Nova York, atuando de forma independente, sem a liderança de Xavier. O Fera tem comandado a X-Force sem supervisão e cada vez mais distante das filosofias éticas dos X-Men.

Noturno e Legião vinham operando como uma autoridade de lei independente, às vezes até contra as ordens do Professor X. Arakko é uma nação completamente separada, apesar de ter sido criada por Krakoa e povoada por Mutantes. Enquanto o Professor X fica preso dentro de sua própria cabeça, há uma debandada de pupilos sob o próprio nariz.

Saga Sins of Sinister só piorou a situação de Xavier

Continua após a publicidade

A saga Sins of Sinister mostrou o Senhor Sinistro tentando dominar o universo, e Xavier foi o primeiro a manifestar a influência do vilão, sendo o principal vetor de infecção mutante. Nessa linha temporal, o Professor X criou um império galáctico baseado em seus princípios filosóficos e os resultados foram muito ruins.

Embora os eventos naquela linha temporal tenham sido revertidos, eles ainda foram revelados ao público. As ações do Professor X, mais o fato de seus colegas pensarem que ele ainda pode mostrar traços da influência do Senhor Sinistro, prejudicaram ainda mais sua liderança, tanto em Krakoa quanto no exterior.

A Marvel agora possui duas nações mutantes, Krakoa e Arakko, que se retiraram da liderança do Professor X. Em Krakoa, embora o Conselho Silencioso tome decisões importantes, sua população é basicamente deixada para fazer o que quiser, e está sujeita a apenas três leis simples: respeitar a terra, criar mais mutantes e não matar humanos. Essa independência não é bem vista por Xavier, e cada edição mostra alguém se rebelando, como o Cifra, que recentemente ignorou ordens de colocar prisioneiros no local chamado de Poço, uma cela projetada para conter superseres.

Continua após a publicidade

Em Arakko, que fica em Marte, a maioria da população nunca esteve sujeita à liderança do Professor X; e as diferenças culturais estão muito distantes da visão de paz de Xavier. Muitos mutantes estão se mudando para o planeta vermelho por que não querem mais seguir Xavier, que recentemente foi expulso de lá.

Depois que o Professor X, Magneto e Moira criaram Krakoa, eles decidiram que os X-Men não eram mais necessários e dissolveram o grupo. Ciclope e Jean Grey acabaram se opondo a essa decisão e reformaram o grupo com uma nova base em Nova York. Ciclope, que está até se tornando um vilão, tem histórico de resistência contra a liderança de Xavier.

Para completar, Wolverine, que sempre foi fiel a ao Professor X, desligou-se quase completamente de quaisquer laços oficiais com Krakoa depois que o Fera assassinou e clonou Logan sem o Professor X nem ou o Conselho considerem isso um grande problema.pensaram que isso era um problema. Dado como os ex-empregadores de Wolverine o usaram, não é surpresa que ele esteja se separando de Krakoa e Xavier e abrindo seu próprio caminho agora.

Continua após a publicidade

O Professor X tem uma grande importância na evolução do povo mutante. Ao criar os X-Men, ele ajudou a proteger comunidades que viviam sob a sombra da humanidade, sendo caçadas por supremacistas. Mas, ao longo do tempo, seu sonho “envelheceu mal”, e seu próprio complexo de salvador foi levado ao extremo. Talvez seja a hora dele sair de cena novamente, o que possivelmente vai acontecer no vindouro evento Fall of X.