DC mostra como o Flash poderia vencer o mutante Magneto de forma brutal

DC mostra como o Flash poderia vencer o mutante Magneto de forma brutal

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 21 de Abril de 2022 às 21h30
Reprodução/DC Comics

Fãs de quadrinhos costumam imaginar constantemente como personagens da Marvel e DC se sairiam uns contra os outros caso entrassem em conflitos. Normalmente, esses cenários se tornam discussões acaloradas, com as pessoas não sabendo que as próprias HQs já tem respostas - como por exemplo em um eventual confronto entre o vilão mutante Magneto e o Velocista Escarlate, o Flash.

A evidência para o possível desenrolar do confronto pode ser visto na revista Flash Vol. 2 #135, com roteiros de Mark Millar e Grant Morrison. Nessa edição, o velocista da DC luta com o Doutor Polaris, vilão da editoria que tem o mesmo poder de manipular objetos de metal que o Magneto, da Marvel.

No confronto, o Flash tem uma ideia que pode levá-lo a vencer o vilão: usar a energia cinética que o herói consegue gerar com sua velocidade para inverter o polo magnético dos poderes de Doutor Polaris, fazendo com que os objetos de metal que seriam jogados agora passem a serem arremessados em sua direção — basicamente, transformando o análogo do Magneto em um super ímã, vencendo o embate.

Flash derrota o análogo do Magneto da DC Comics. (Imagem: Reprodução/DC Comics)

A referência ao Magneto ainda é reconhecida na própria edição, quando o Flash, após derrotar Doutor Polaris, jocosamente fala para o vilão que ele havia esquecido de falar como ele e sua Irmandade de Mutantes (grupo historicamente liderado pelo vilão da Marvel) iriam comandar o universo por milhares de anos.

É uma situação curiosa e que mostra bem como alguns personagens das editoras teriam compatibilidades diversas em confrontos entre si. Ao mesmo tempo, também é um ótimo exemplo de como o Flash e sua super velocidade sempre teve um pé em explicações cientificas — o que, nos anos 1950, faziam que suas histórias fossem das que mais se aproximavam de ficção científica na DC.

Mas mesmo com o cenário descrito acima, ainda fica a dúvida se Magneto, sendo um personagem com uma personalidade bem diferente do Doutor Polaris, só aceitaria a derrota ou iria criar planos para mudar a situação contra o Velocista Escarlate — a especulação, mesmo com evidências, ainda consegue se manter viva, no fim.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.